21°
Máx
17°
Min

São Paulo vai mandar clássico com o Palmeiras no Pacaembu

(Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Publicas) - São Paulo vai mandar clássico com o Palmeiras no Pacaembu
(Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Publicas)

O clássico entre São Paulo e Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, no dia 13 de março, não será realizado no Morumbi, mas sim no Pacaembu. A troca completa do gramado do estádio, iniciada no fim do ano passado, não ficou pronta a tempo e pela oitava vez no começo deste ano o clube vai mandar um jogo no estádio municipal.

"Embora o campo já tenha boas condições de jogo, optamos por finalizar todas as etapas da obra antes do clube voltar a mandar jogos no estádio. A grama está perfeita, mas as chuvas constantes têm atrasado a realização desses ajustes que são necessários em determinados pontos do gramado", explicou Tércio Molica, diretor de manutenção do clube ao site oficial do São Paulo.

"O time só volta a jogar lá quando estiver impecável", afirmou à reportagem o vice-presidente do São Paulo, Roberto Natel. O dirigente negou que o possível adiamento do retorno ao Morumbi tenha sido provocado pelos dois shows da banda Rolling Stones, que se apresentou no estádio na última semana.

O São Paulo considera a reforma a maior dos últimos 20 anos no gramado do estádio. O campo terá um novo tipo de grama e dimensões no padrão Fifa. O trabalho começou no fim do ano passado e fez a equipe alugar até agora o Pacaembu para sete partidas no início deste ano, duas pela Libertadores e cinco pelo Campeonato Paulista. A próxima data será neste sábado, contra o São Bernardo, pelo Estadual.

Fora do Morumbi, o time tem atraído poucos torcedores aos jogos. Na última terça, por exemplo, apenas 3 mil são-paulinos acompanharam a vitória sobre o Mogi Mirim por 2 a 0. Somados os quatro jogos pelo Estadual o São Paulo teve um prejuízo acumulado de R$ 189 mil, causado principalmente pela pouca movimentação na bilheteria e os custos com taxas de aluguel e policiamento.