22°
Máx
14°
Min

Sob forte policiamento, Inter desembarca sem tumultos após 10º jogo sem vitória

Depois do inesperado protesto da torcida no domingo passado, a delegação do Internacional se precaveu nesta sexta-feira e contou com forte policiamento no desembarque, em Porto Alegre, após a derrota por 4 a 2 para o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Sem tumultos, a chegada contou com mais policiais do que torcedores nesta tarde.

Mesmo assim, a delegação colorada desceu no terminal 2 do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, sem ter qualquer contato com a imprensa. Sob forte pressão, o Inter apresentar uma das piores sequências do Brasileirão, com dez jogos seguidos sem uma vitória sequer.

Por causa desta série negativa, o time enfrentou protesto da torcida ao fim da derrota para o Corinthians, no domingo passado, no Beira-Rio. Houve tentativa de invasão dos corredores onde circulam jogadores e dirigentes e carros foram depredados no entorno do estádio. A PM precisou intervir para evitar maior estrago.

Nesta sexta, o goleiro Marcelo Lomba pediu que a torcida continue acreditando no time. "O torcedor sabe que precisamos deles. Sinto que domingo o torcedor irá ajudar, doido pra gritar gol. Precisamos incendiá-los. Estamos unidos, conversando, apoiando. Estamos querendo muito a vitória", disse o jogador.

TREINO - De volta a Porto Alegre, o time treinou na tarde desta sexta-feira, no CT do Parque Gigante, já pensando na partida contra o Fluminense, domingo, no beira-rio. Os jogadores que foram titulares na noite de quinta-feira fizeram apenas trabalho regenerativo.

Os reservas foram para o gramado para uma atividade em campo reduzido. A novidade foi a presença do zagueiro Paulão, que volta ao time após cumprir suspensão no duelo desta quinta. O time volta aos treinos na manhã deste sábado, na finalização da preparação para o jogo contra o Flu.