22°
Máx
14°
Min

Sob vaias, Cruzeiro fica no empate por 1 a 1 em clássico contra o América-MG

Sob vaias e pedidos de saída do presidente Gilvan de Pinho, o Cruzeiro empatou em 1 a 1 com o América-MG, neste sábado, no clássico disputado no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O time celeste vinha de goleada de 4 a 1 sofrida para o Santa Cruz, no Recife. O rival de empate em 1 a 1 com o Vitória em casa.

O resultado deixa pressionado também o técnico português Paulo Bento, recém-contratado na Toca da Raposa, que, em três jogos à frente da equipe, empatou duas e perdeu uma. O América-MG também segue sem vencer na competição. Victor Rangel marcou para os americanos no primeiro tempo - Arrascaeta empatou na etapa complementar. Pouco antes do apito final, os técnicos Givanildo Oliveira e Paulo Bento foram expulsos.

A partida foi equilibrada na etapa inicial. A primeira chance foi do Cruzeiro aos 10 minutos, com Arrascaeta chutando à esquerda do goleiro. O América-MG respondeu com Danilo no minuto seguinte. O jogador avançou pela esquerda e chutou, mas Fábio encaixou.

Aos 14 minutos, Cruzeiro de novo com Arrascaeta, que recebeu passe de Bruno Ramires, tentou tirar do goleiro, mas acabou perdendo a bola em uma das melhores chances de gol da partida. Aos 29, Hélder mandou para a área, Claudinei ajeitou e Victor Rangel bateu forte para fazer 1 a 0 para o América-MG.

O Cruzeiro foi o primeiro a ter oportunidade de marcar no retorno para a segunda etapa. Élber, pelo meio, chutou forte, mas a bola resvalou na zaga e sobrou fácil para o goleiro João Ricardo. Aos 20 minutos, Robinho, que entrou no lugar de Ariel Cabral, tocou para Willian, que bateu em cima de João Ricardo.

O time da Toca da Raposa pressionava, mas não conseguia marcar. Isso somente até os 35 minutos, quando Robinho lançou Arrascaeta, que, desta vez, não desperdiçou e fez um bonito gol ao chutar de primeira no canto direito baixo do goleiro adversário.

O Cruzeiro, com dois empates e duas derrotas, volta a campo na quarta-feira em partida contra o Botafogo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 21h45. O América-MG, também com duas derrotas e dois empates, recebe a Ponte Preta, na quinta, no estádio Independência, em Belo Horizonte, às 19h30.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 x 1 AMÉRICA-MG

CRUZEIRO - Fábio; Gino (Douglas Coutinho), Leo, Bruno Viana e Sánchez Miño; Henrique, Bruno Ramires, Ariel Cabral (Robinho) e De Arrascaeta; Elber e Willian (Riascos). Técnico: Paulo Bento.

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Hélder (Roger), Artur, Sueliton e Xavier; Claudinei e Leandro Guerreiro; Tiago Luís (Juninho), Rafael Bastos e Danilo; Victor Rangel (Bruno Sávio). Técnico: Givanildo Oliveira.

GOLS - Victor Rangel, aos 29 minutos do primeiro tempo; Arrascaeta, aos 35 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Leandro Guerreiro (Cruzeiro); Douglas Coutinho (América-MG).

ÁRBITRO - Dewson Freitas da Silva (Fifa/PA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).