26°
Máx
19°
Min

Sport e Botafogo empatam e seguem sem vencer no Brasileirão

(Foto: Divulgação)  - Sport e Botafogo empatam e seguem sem vencer no Brasileirão
(Foto: Divulgação)

O Sport não vem tendo sorte contra os cariocas neste início do Campeonato Brasileiro. Após ter estreado com derrota para o Flamengo, o time pernambucano jogou mal e não passou de um empate por 1 a 1 com o Botafogo, neste domingo, na Ilha do Retiro, no Recife. Embora seja apenas a segunda rodada da competição, a torcida vaiou a equipe e pediu contratações para o restante da temporada.

Ainda sem vencer e com apenas um ponto, o Sport tem confronto complicado na próxima quinta-feira, contra o Internacional, no Beira Rio, em Porto Alegre. O Botafogo também tem apenas um ponto e pega o Atlético Paranaense, na quarta-feira, no Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora.

Foi a terceira partida do clube carioca sem o titular Jefferson, que passou por cirurgia no tendão do tríceps e desfalcará a equipe por três meses. Mais uma vez, o substituto foi Helton Leite, que voltou a falhar. Aos 16 minutos, o goleiro saiu mal da sua meta e entregou nos pés de Diego Souza. O meia dominou e concluiu para fazer 1 a 0, sob reclamação do time carioca, que pediu falta no camisa 1.

O descontrole pelo gol quase resultou no segundo gol pernambucano. Aos 22, Serginho desviou cobrança de escanteio e acertou a trave. No rebote, Samuel Xavier cabeceou e Helton Leite fez boa defesa. O jogo era controlado pelo Sport, mas, mesmo assim, o Botafogo reagiu aos 28. Ribamar levantou na área e Victor Luís ajeitou para Fernandes completar: 1 a 1.

A igualdade no placar fez o Botafogo renascer no jogo e ser superior. Quase fez o gol da virada, com Neilton, que chegou atrasado. Aos 43, nova chance. Luís Ricardo invadiu a área e acertou a trave.

O Botafogo teve a oportunidade de garantir a vitória no início do segundo tempo. Nos primeiros 15 minutos, teve chance de marcar com Ribamar e Neilton. A melhor oportunidade foi com Fernandes. O meia recebeu passe livre na área, mas tentou driblar Magrão e perdeu o gol.

Mesmo em casa, Oswaldo de Oliveira teve de recuar a equipe e colocou um volante para evitar a derrota. A torcida não aceitou e começou a vaiar. Motivos não faltavam. Um deles foi aos 35. Anderson Aquino recebeu na área, driblou o marcador e acertou o travessão.

No fim, Túlio de Melo criou duas chances perigosas para o Sport, mas sem conseguir balançar as redes. Assim, a partida terminou empatada em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

SPORT 1 x 1 BOTAFOGO

SPORT - Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Serginho, Lenis (Everton Felipe), Diego Souza e Gabriel Xavier; Mark González (Luiz Antônio) e Vinícius Araújo (Túlio de Melo). Técnico: Oswaldo de Oliveira

BOTAFOGO - Helton Leite; Luís Ricardo, Carli (Emerson Santos), Emerson Silva e Victor Luís; Bruno Silva, Lindoso, Fernandes e Leandrinho; Neilton (Luís Henrique) e Ribamar (Anderson Aquino). Técnico: Ricardo Gomes.

ÁRBITRO - Vinicius Furlan (SP).

GOLS - Diego Souza, aos 16 minutos, e Fernandes, aos 28 do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Durval e Gabriel Xavier (Sport); Luís Ricardo e Bruno Silva (Botafogo).

PÚBLICO - 6.117 pagantes.

RENDA - R$ 131.410,00.

LOCAL - Estádio Ilha do Retiro, no Recife (PE).