22°
Máx
16°
Min

Sport vence o Atlético-PR e mantém sua recuperação no Brasileirão

O Sport voltou a jogar bem em sua casa, na Ilha do Retiro, em Recife (PE), e venceu o Atlético Paranaense por 2 a 0, pela 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, e manteve a sua recuperação na competição. O resultado deixou a equipe pernambucana na 12ª colocação, com 21 pontos, e o Atlético estacionou nos 27 pontos e seguiu fora do G4.

Desfalcado de seis titulares, o técnico Paulo Autuori promoveu as estreias de Galhardo na lateral e Luciano Cabral pelo meio, mas a falta de entrosamento ficava evidente quando o Sport mantinha a posse de bola e fazia pressão. Logo no começo do jogo, aos dois minutos, Rogério já exigiu defesa de Weverton.

Aos 14, Rogério invadiu a área paranaense e foi derrubado por Marcão. O lance foi duvidoso e gerou reclamações, mas, aos 16, Diego Souza foi para a cobrança e abriu o placar, sem chances para Weverton.

O time da casa manteve a pressão, mas sem objetividade. O Atlético ainda assustou em uma cobrança de falta de Galhardo, aos 44, que raspou o travessão de Magrão. Na saída para o vestiário, Diego Souza pediu mais concentração à equipe. "O Atlético é uma equipe traiçoeira e precisamos manter cuidado", disse.

Na segunda etapa, porém, esse perigo previsto por Diego não se concretizou. Aos oito minutos, Rogério aproveitou uma rebatida da defesa e chutou de longe, fraco, mas Weverton soltou nos pés de Edmilson, que apenas empurrou para as redes.

Com a vantagem no placar, Oswaldo de Oliveira colocou Rodrigo Mancha para reforçar a marcação e o time da casa administrou o placar. O Atlético ainda tentou ficar mais ofensivo, com a entrada de Lucas Fernandes e Giovanny, mas não conseguiu reverter a derrota.

No final, Marcão lamentou a derrota e discordou da penalidade. "Não tivemos problemas com entrosamento, treinamos sempre; já no outro lance não foi pênalti, mas agora vamos descansar, pois já tem o Corinthians pela frente (no ", disse.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2 X 0 ATLÉTICO-PR

SPORT - Magrão; Samuel, Matheus Ferraz, Ronaldo e Rodney Wallace; Rithely, Serginho (Rodrigo Mancha), Everton Felipe e Diego Souza; Rogério (Paulo Roberto) e Edmilson (Mark González). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Galhardo, Paulo André, Wanderson e Nicolas; Marcão, Pablo, Marcos Guilherme (Giovanny) e Luciano Cabral; Yago (Lucas Fernandes) e Juninho (Rosseto). Técnico: Paulo Autuori.

GOLS - Diego Souza, aos 16 minutos do primeiro tempo, e Edmilson, aos oito do segundo.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO).

CARTÕES AMARELOS - Serginho, Paulo Roberto e Marcão.

RENDA - 380.625,00.

PÚBLICO - 22.491 pagantes.

LOCAL - Ilha do Retiro, em Recife (PE).