26°
Máx
19°
Min

Thierry Henry é confirmado como auxiliar na nova comissão técnica da Bélgica

O novo treinador da seleção belga, Roberto Martinez, anunciou nesta sexta-feira quem será um de seus assistentes-técnicos. E o renome do auxiliar chamou a atenção. Trata-se de Thierry Henry, ex-atacante da seleção francesa, do Arsenal e do Barcelona, clubes que defendeu após atuar ainda por Monaco e Juventus.

"Thierry trará algo diferente", explicou o novo técnico. "Ele é alguém que pode aumentar nossas chances de conquistar algo especial. Não foi difícil convencê-lo a participar desse projeto."

Em sua conta no Twitter, Henry confirmou o surpreendente anúncio. "Obrigado a Roberto Martinez e à Real Associação de Futebol Belga. Estou muito ansioso. Mal posso esperar para começar", ressaltou.

Martinez assumiu a seleção após a decepcionante campanha na Eurocopa de 2016 - a Bélgica caiu nas quartas de final frente ao País de Gales, resultado que provocou a demissão de Marc Wilmots. O desafio do novo treinador, de Henry e de Graeme Jones, o outro assistente escolhido para compor o staff, é fazer uma equipe repleta de bons jogadores, como Kevin de Bruyne e Eden Hazard, entre outros, consolidar-se no futebol mundial.

Ainda nesta sexta-feira, o novo treinador belga fez sua primeira convocação. Destaque para a ausência do capitão Vincent Kompany, que ainda se recupera de contusão. Já o meia Steven Defour e os atacantes Kevin Mirallas e Thorgan Hazard, irmão de Eden, reforçam a lista. Thomas Vermaelen, Radja Nainggolan, Marouane Fellaini, De Bruyne, Romelu Lukaku, Christian Benteke e o próprio Eden Hazard são alguns dos outros nomes.

A Bélgica faz um amistoso contra a Espanha, na próxima quinta-feira, e depois estreia nas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, contra o Chipre, no dia 6 de setembro.