22°
Máx
14°
Min

Tite faz apelo aos corintianos: 'O verdadeiro torcedor apoia no momento difícil'

(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians) - Tite faz apelo aos corintianos: 'O verdadeiro torcedor apoia no momento difícil'
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

O técnico Tite completou 55 anos nesta quarta-feira e fez um pedido especial à torcidas corintiana para que ajude o time nessa fase complicada. "O verdadeiro torcedor apoia no momento difícil", disse o treinador.

O Corinthians, que enfrenta a Ponte Preta nesta quinta-feira, no Itaquerão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, não vence há cinco partidas e acumula insucessos nesta temporada, como as eliminações nas semifinais do Campeonato Paulista e nas oitavas de final da Copa Libertadores. "No dia do meu aniversário, peço que o torcedor ajude o time."

As críticas ao desempenho do time foram mais duras após a estreia ruim no Campeonato Brasileiro. O Corinthians empatou com o Grêmio, na estreia (0 a 0), e depois perdeu para o Vitória (3 a 2) em Salvador. Uma parte da torcida tem cobrado o elenco e também Tite, que foi chamado de "teimoso" por um grupo que foi protestar no CT. Um outro grupo de torcedores chegou a ir ao CT conversar com dirigentes e alguns jogadores.

"Digo para o torcedor que se tivesse algum vagabundo aqui dentro, a direção e o técnico colocariam o dedo na ferida porque toda a dignidade que temos. Respeito e apoio é o que precisamos. Quando vem de forma diferente, traz prejuízo. Se eu fosse acomodado com conquistas não teria voltado ao Corinthians", disse o treinador em entrevista coletiva.

Tite fez mudanças importantes para buscar a primeira vitória no Brasileirão. André, um dos jogadores mais criticados pela torcida, saiu da equipe. Luciano será titular contra a Ponte Preta. Outra alteração, até surpreendente, é a entrada de Cristian na vaga de Elias, quando Rodriguinho seria o candidato natural ao posto do jogador da seleção brasileira. Bruno Henrique foi mantido, mas vai jogar como segundo volante.

"Cristian é um jogador de primeira função (primeiro volante) e deixa o Bruno com a função mais de saída de bola. Mas o Bruno vai ser o Bruno e não o Elias, que tem mais velocidade", explicou Tite.