22°
Máx
17°
Min

Tite revela conversa e diz que Thiago Silva mostrou desejo de voltar à seleção

O zagueiro Thiago Silva foi uma das novidades do técnico Tite na convocação da seleção brasileira para as partidas contra Bolívia e Venezuela, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Recuperado da contusão que o deixou de fora da primeira lista do treinador, o jogador do Paris Saint-Germain foi um dos nomes anunciados nesta sexta-feira na sede da CBF, no Rio.

O retorno significa um novo voto de confiança ao jogador que perdeu espaço com Dunga depois de falhar na eliminação do Brasil na Copa América de 2015. Tite revelou que uma conversa com Thiago Silva e com outro nome preterido por seu antecessor, o lateral Marcelo, foi fundamental para sua decisão de convocar o zagueiro.

"Depois que fui convidado para ser técnico da seleção, uma das primeiras coisas que fiz foi ligar pro Thiago e pro Marcelo. Não para avaliar situações passadas, mas para conversar, saber da alegria e disponibilidade de voltarem para a seleção. Os dois se mostraram felizes. O Marcelo falou da família, o Thiago falou que era o que ele mais queria. Em nenhum momento assegurei sua convocação, isto o momento determinaria. Mas queria saber a predisposição, ouvir a sinceridade deles", disse o técnico.

Não foi só Thiago Silva que recuperou seu espaço na seleção após uma longa ausência. O meia Oscar também havia ficado esquecido nos últimos tempos por Dunga, enquanto atravessava um momento ruim no Chelsea. Mas a chegada do técnico Antonio Conte deu nova vida ao brasileiro no clube inglês e, com isso, uma nova chance para vestir a camisa do Brasil.

Para definir a convocação de Oscar, Tite também se apoiou em uma conversa, mas não com o jogador. "Falei com o Conte, como falei com todos os técnicos da Série A do Brasil. O Oscar vem jogando mais defensivamente, tenho acompanhado. Não tenho italiano muito bom, mas o Conte me atendeu e passou informações do momento do Oscar, do Willian, de outros atletas do Chelsea", revelou.

Mas a principal surpresa da lista divulgada nesta sexta ficou por conta de Alex Muralha. De reserva do Figueirense no início do Brasileirão do ano passado a titular absoluto e um dos destaques do Flamengo no campeonato deste ano, a ascensão do goleiro de 26 anos foi rápida. E foi justamente sua regularidade ao longo deste período que definiu a opção de Tite de convocá-lo.

"Sempre falei de merecimento, mas ele é acrescido ao histórico, experiência, todos estes aspectos. Fora o grande momento do Muralha, o Taffarel tem acompanhado a regularidade do Flamengo. Ele vem fazendo um grande campeonato, como fez no Figueirense. Tem dois anos de um atleta tendo um grande desempenho. Então, ele merece. A equipe fazendo grande campanha também ajuda", explicou.