27°
Máx
13°
Min

Tite se esquiva sobre seleção brasileira: 'Estou feliz no Corinthians'

Cotado para assumir a seleção brasileira caso Dunga seja demitido, o técnico Tite se viu numa tremenda saia justa após a vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, na última quarta-feira, no Itaquerão. Houve mais perguntas sobre a possibilidade de ele dirigir a seleção do que a respeito campanha do time no Campeonato Paulista.

Tite foi questionado até se aceitaria dividir o trabalho na seleção com o clube ou se toparia comandar a seleção olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro. "Tu quer me botar em saia justa?", respondeu a um jornalista. "Qualquer coisa que eu responda, daria um 'boom'. Estou fora."

O técnico, no entanto, lembrou que sua chance de comandar a seleção, por ora, passou e que é preciso respeitar o trabalho de Dunga. "O tempo de escolha já passou. No passado me perguntaram se eu estava preparado, e eu disse que sim. Mas agora é outro momento. Estou muito feliz no momento. Não esperava que a equipe crescesse tão rápido assim."

O temor de perder Tite para a seleção assusta até mesmo os jogadores do Corinthians. O goleiro Cássio, por exemplo, diz que torce para que o treinador vá para a seleção em outro momento. "Esperamos que seja em outra hora. Estamos felizes com o Tite. Vamos torcer para que ele seja o técnico da seleção futuramente."

O contrato de Tite com o Corinthians vai até o fim de 2017. Mas o clube sabe que, se Dunga cair por causa campanha ruim nas Eliminatórias da Copa do Mundo, o treinador é primeiro nome da lista da CBF. A favor de Tite estaria um "clamor" popular após a sequência vitoriosa no Corinthians.

"Fico orgulhoso e eu sempre vou buscar algum tipo de aprimoramento. Mas existem outros técnicos capacitados para serem técnicos da seleção", completou o treinador.