28°
Máx
17°
Min

Tubarão vence o Atlético em Goiânia e decola na classificação

(foto: Atlético-GO/Twitter) - Tubarão vence o Atlético e decola na classificação
(foto: Atlético-GO/Twitter)

Cumprindo a meta de quatro pontos fora de casa determinada pelo técnico Cláudio Tencati, o Londrina venceu o Atlético Goianiense por 2 a 1 na noite desta terça-feira (12) no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Com o resultado sobre o vice-líder, o Tubarão salta cinco posições na tabela e chega ao quinto lugar, com 24 pontos. Como a partida contra os goianos abriu a 16ª rodada, o alviceleste ainda pode ser superado.

Os esperados quatro pontos na bagagem vão ser saboreados por um bom tempo em Londrina. O elenco ganha uma espécie de 'férias' e só volta a campo daqui 11 dias, quando recebe o lanterna Sampaio Corrêa no estádio do Café.

O jogo

Cláudio Tencati apostou em um esquema mais defensivo para encarar o vice-líder da competição. No lugar dos três atacantes, optou por escalar Jumar ao lado de Germano no meio, deixando apenas Jô ao lado de Keirrison no ataque.

A precaução deu certo, e o time da casa pouco ameaçou a bem postada defesa do Tubarão. A primeira chance dos goianos só veio aos 29 minutos. Paulinho saiu jogando errado e Jorginho recebeu na área, limpou o zagueiro Matheus e bateu para o gol, parando em grande defesa  do goleiro Marcelo Rangel. Na sequência do lance, jogadores do Atlético reclamaram de um pênalti de Paulinho, que deu carrinho em Jorginho após o chute.

Aos 35, o Londrina abriu o placar. Em cobrança de falta, Jumar mandou uma pancada, Márcio não segurou e Keirrison mostrou oportunismo no rebote, mandando no ângulo.

O duelo das duas melhores defesas da Série B seguiu equilibrado na segunda etapa, com forte marcação e pouco espaço para criação.

Logo a um minuto do segundo tempo, Tencati foi obrigado a mexer no Londrina. Luizão voltou a sentir o ombro e deu lugar a Everton Sena, que finalmente fez sua estreia com a camisa alviceleste.

Mantendo a posse de bola, mas sem conseguir pressionar, o Atlético Goianiense foi para o tudo ou nada com a saída do lateral Raul para entrada do atacante Luís Soares.

Aos 28, Tencati também resolveu mudar, sacando Jumar para entrada do lateral-direito Igor Bosel.

No minuto seguinte, saiu o empate. Marquinho cruzou da direita, Junior Viçosa desviou de cabeça e acertou a trave. No rebote, o zagueiro Marllon mandou para o gol.

O Tubarão não sentiu o golpe, e voltou à frente do placar no lance seguinte. Rafael Gava recebeu na direita e cruzou rasteiro para Keirrison, livre de marcação, anotar o segundo dele na partida.

Apostando nas bolas levantadas aéreas, o Atlético ensaiou uma pressão no final da partida, com cinco minutos de acréscimo. Marcelo Rangel, que mais uma vez mostrou segurança debaixo do gol, garantiu o resultado até o apito final.