22°
Máx
17°
Min

Vaiado, Flamengo decepciona de novo e perde para o Volta Redonda

Após perder na semifinal da Copa Sul-Minas-Rio, o Flamengo voltou a decepcionar neste sábado ao perder por 1 a 0 para o Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). A maior parte do pequeno público de apenas 2.255 torcedores não aceitou o resultado e vaiou a equipe nos minutos finais da partida válida pela terceira rodada da Taça Guanabara, a segunda fase do Campeonato Carioca.

Com a derrota, o Flamengo é o quarto colocado, com quatro pontos, e pode perder mais posições ao término da rodada. Sem vencer há três jogos e eliminado da Copa Sul-Minas-Rio, o time já vive momento complicado e enfrentará o Vasco na quarta-feira, no Mané Garrincha, em Brasília, com a missão de vencer paga aliviar o ambiente ruim que se instalou no clube com a sequência ruim de resultados. Já o Volta Redonda, vice-líder com 6 pontos, pega o Botafogo, em São Januário, no mesmo dia.

Sem o centroavante Guerrero, com a seleção peruana, o técnico Muricy Ramalho apostou em Felipe Vizeu. Mas, isolado e bem marcado, o jovem teve atuação discreta, assim como foi o primeiro tempo do Flamengo. Embora chegasse a ter quase 80% de posse de bola, o time não conseguia furar o bloqueio adversário e insistia no jogo aéreo, sem sucesso.

A falta de criatividade do Flamengo quase foi punida aos 18 minutos. Tiago Amaral recebeu na área e chutou para fora. O lance assustou a torcida. Somente aos 26 veio a resposta, com chute de Ederson e defesa de Mota. Aos 30, a melhor chance. Gabriel surpreendeu e chutou forte, com ótima intervenção do goleiro.

No segundo tempo, o rubro-negro voltou melhor. Após bom passe de Felipe Vizeu, Marcelo Cirino chutou colocado e Mota defendeu. Aos 13, O goleiro voltou a entrar em ação ao defender o chute de Ederson. Quando não parava no camisa 1 do adversário, o time esbarrava em seus próprios erros. Após boa jogada de Arão, Chiquinho cruzou na medida para Felipe Vizeu, que perdeu chance clara de gol, aos 30.

Mas, nos 15 minutos finais, o Flamengo não mais criou. Para piorar, passou a ser atacado. Aos 30, Niltinho causou o primeiro susto nos rubro-negros, em forte chute de esquerda. Aos 39, porém, veio o gol. Niltinho fez nova boa jogada pela esquerda e cruzou com força para Rafael Pernão, totalmente desmarcado, completar: 1 a 0. Insatisfeita, torcida flamenguista perdeu a paciência e vaiou o time até o apito final, enquanto o time, sem sucesso, tentava criar chances ofensivas para empatar.

FICHA TÉCNICA

VOLTA REDONDA 1 x 0 FLAMENGO

VOLTA REDONDA - Mota; Luiz Gustavo, Luan, Mailson e Cristiano; Bruno Barra, Marcelo, Vinicius Pacheco (Lopes) e Hugo (Rafael Pernão); Tiago Amaral e Dija Baiano (Niltinho). Técnico: Felipe Surian.

FLAMENGO - Paulo Victor; Rodinei, Cesar Martins, Wallace e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão e Ederson; Gabriel (Alan Patrick), Marcelo Cirino e Felipe Vizeu. Técnico: Muricy Ramalho.

GOL - Rafael Pernão, aos 39 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - João Batista de Arruda.

CARTÕES AMARELOS - César Martins (Flamengo); Luan, Hugo, Niltinho e Bruno Barra (Volta Redonda).

PÚBLICO - 2.255 pagantes (3.112 no total).

RENDA - R$ 54.110,00.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).