23°
Máx
12°
Min

Vardy marca dois, Leicester vence outra e fica mais perto do título

O incrível conto de fadas vivido pela maior zebra do futebol europeu nos últimos tempos, e talvez na história, continua. O surpreendente Leicester está ainda mais perto do título do Campeonato Inglês após vencer mais uma vez neste domingo. Jamie Vardy marcou duas vezes e a equipe derrotou o Sunderland por um sofrido 2 a 0, mas suficiente para deixá-la ainda mais próxima de um sonho tão improvável.

De grande ameaçado ao rebaixamento na temporada passada, se salvando após uma arrancada nas rodadas finais, o Leicester simplesmente se tornou o principal candidato ao título em 2015/2016. Está na liderança da tabela com 72 pontos, dez à frente do segundo colocado Tottenham, que ainda atua na rodada. Restam apenas cinco partidas para o fim da competição.

Já são cinco vitórias consecutivas e sete partidas sem perder para o Leicester, que tentará manter o embalo diante do West Ham no domingo que vem, em casa. O Sunderland, por sua vez, está na zona de rebaixamento com 27 pontos, em 18.º. No sábado, viaja para encarar o Norwich.

Um dos grandes responsáveis pela campanha do Leicester é o atacante Jamie Vardy. Artilheiro da equipe, ele não marcava no Inglês há dois meses, desde a derrota por 2 a 1 para o Arsenal em 14 de fevereiro. De lá para cá, foram seis jogos em branco até este domingo, quando anotou dois gols e chegou a 21 na competição. Trata-se do primeiro jogador do clube a marcar ao menos 20 gols desde Gary Lineker em 1984/1985.

Mas o início de partida neste domingo não foi nada fácil para o Leicester. No primeiro tempo, a equipe não criou e teve em uma cabeçada torta de Morgan seu melhor momento. O Sunderland era dono das ações, pressionava o adversário no campo de defesa e quase abriu o placar nos acréscimos, quando Borini recebeu de Defoe dentro da área e bateu. A bola desviou e quase matou o goleiro Schmeichel, que pegou no reflexo.

O segundo tempo começou ainda melhor para os donos da casa, sempre com Borini levando perigo. Aos dois minutos, ele aproveitou rebote e bateu perto. Três minutos depois, em lance bastante parecido, o atacante aproveitou sobra dentro da área pelo lado direito e bateu cruzado. A bola passou rente à trave.

Aos poucos o Leicester controlou a pressão, passou a tentar nos contra-ataques e, assim, achou seu primeiro gol. Aos 20 minutos, Drinkwater recebeu no campo de defesa, colocou entre as pernas de Cattermole e deu lançamento perfeito para Vardy. O atacante apostou corrida com Kaboul, ganhou na velocidade e tocou na saída do goleiro para marcar.

O gol deixou o jogo bem mais aberto. O Sunderland, desesperado, foi para o ataque e teve bom momento com Van Aanholt. Aos 36 minutos, Rodwell perdeu chance inacreditável. N'Doye tentou a finalização de fora da área, a bola desviou e ficou com ele. De frente para Schmeichel, o meia tentou tirar demais e bateu para fora.

A resposta do Leicester aconteceu no minuto seguinte, quando Ulloa recebeu de Kanté livre, dentro da área, mas parou em Mannone. Já aos 49, saiu o segundo. Vardy recebeu no meio de campo em contra-ataque e arrancou. Ganhou no corpo do marcador, deu belo drible da vaca em Mannone e tocou para o gol vazio.