22°
Máx
17°
Min

Vasco derrota Bragantino de virada e segue na liderança da Série B do Brasileiro

(Foto: Divulgação/Vasco) - Vasco derrota Bragantino de virada e segue na liderança da Série B
(Foto: Divulgação/Vasco)

Foi com dificuldades que o Vasco venceu o Bragantino por 2 a 1, neste sábado, no estádio de São Januário, no Rio. O triunfo, de virada, após um primeiro tempo ruim, mantém a equipe na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao término da 17.ª rodada. A partida marcou a estreia do centroavante Ederson, que marcou um gol.

Com 35 pontos, o time cruzmaltino volta a campo no próximo sábado, novamente no estádio de São Januário, para enfrentar o Criciúma. No mesmo dia, o Bragantino recebe o Bahia, em Bragança Paulista (SP). Com a derrota, o clube paulista segue na zona do rebaixamento, com 17 pontos.

Para manter a liderança, o técnico Jorginho apostou em um time ofensivo, com apenas Diguinho de volante. A formação deu muito espaço para o Bragantino, que quase surpreendeu no início da partida com Rafael Grampola, após chute de Gabriel Dias. A resposta veio com Yago Pikachu, em arremate para fora após bom passe de Andrezinho.

Aos 17 minutos, o problema foi individual. Após bola levantada na área, Rafael Grampola foi mais esperto que Rodrigo e marcou de cabeça: 1 a 0. O zagueiro vascaíno reclamou de falta inexistente, mas foi ignorado pelo árbitro.

Pelo lado vascaíno, as boas jogadas passavam pelos pés de Yago Pikachu. Aos 23 minutos, o lateral-direito improvisado no meio quase marcou de cabeça, em cruzamento de Julio Cesar. Aos 37, o árbitro expulsou o volante Gabriel Dias. Mesmo com um a menos, o Bragantino teve chance de ampliar com Tartá, em chute que ficou na defesa.

No segundo tempo, Jorginho apostou no estreante Ederson, que mostrou estrela. Na primeira participação efetiva, o centroavante tabelou com Thalles e, aos 12 minutos, empatou o jogo: 1 a 1. Com um a mais, o time pressionou e quase virou, aos 13, com Yago Pikachu, que parou no goleiro Felipe.

Com o Bragantino bem fechado, a chance da virada surgiu na bola parada. Aos 26 minutos, Andrezinho levantou na área e Rodrigo cabeceou forte para fazer 2 a 1. O zagueiro, mal em campo, vibrou muito com o gol que dava a vitória ao Vasco.

A vantagem, praticamente, colocou um ponto final na partida. Somente nos cinco minutos finais é que o Vasco buscou ampliar, mas, quando teve a oportunidade, Jorge Henrique parou em Felipe, que evitou uma derrota maior em São Januário.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 x 1 BRAGANTINO

VASCO - Martin Silva; Madson (Eder Luis), Jomar (Rafael Marques), Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho, Andrezinho, Yago Pikachu e Evander (Ederson); Jorge Henrique e Thalles. Técnico: Jorginho.

BRAGANTINO - Felipe; Alemão (Erick Madeira), Ednei, Éder Lima e Bruno Pacheco; Daniel Pereira, Gabriel Dias, Marcos Paulo (César Gaúcho) e André Rocha; Rafael Grampola e Tartá (Watson). Técnico: Marcelo Veiga.

GOLS - Rafael Grampola, aos 17 minutos do primeiro tempo; Ederson, aos 12, e Rodrigo, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Eder Luis, Julio Cesar e Rodrigo (Vasco); André Rocha e Alemão (Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Gabriel Dias (Bragantino).

ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (SC).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).