26°
Máx
19°
Min

Vasco ganha do Oeste, quebra jejum de seis jogos e volta à liderança da Série B

Com um gol de Yago Pikachu aos 46 minutos do segundo tempo, o Vasco venceu o Oeste por 3 a 2, neste sábado, no estádio de São Januário, no Rio, pela 24.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Após cinco rodadas sem vencer, o time carioca finalmente voltou a somar três pontos e chegou a 44, retomando a posição de liderança. Para o clube paulista, a derrota o manteve na 13.ª colocação, com 31 pontos.

Com o desafio de voltar a vencer após seis rodadas sem vencer - cinco no Brasileirão e uma na Copa do Brasil -, a equipe de São Januário dominou o jogo, mas não jogou bem. Depois de abrir o placar com dois gols de vantagem, o time ficou letárgico e permitiu a recuperação do Oeste. Com boa atuação de Nenê, que abriu o placar em cobrança de falta, o time não exibiu um grande futebol. Na segunda etapa, errou mais que acertou. Restou insistir, estratégia que foi premiada com um gol de Yago Pikachu no final.

Do outro lado, o Oeste foi ofensivo e teve boa atuação, apesar de abrir muitos espaços para subidas. O clube paulista mostrou categoria em seus gols: no primeiro com uma bela jogada de triangulação e toque de cabeça inteligente de Marquinhos; e no segundo com uma finalização irretocável de Crizan. Pelas chances criadas, quase saiu com a vitória ou o empate.

As equipes voltam a campo para a próxima rodada da Série B, a 25.ª, nesta terça-feira. O Oeste visita o Criciúma no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC), às 20h30, e o Vasco enfrenta o Goiás no estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 21h30.

O JOGO - Em busca da vitória, o Vasco saiu desde o princípio buscando o ataque e deixou o jogo aberto em São Januário. Mostrando que não veio a passeio, o Oeste assustou o goleiro Martín Silva com uma bela cobrança de falta aos 6 minutos, defendida pelo uruguaio. O time carioca seguiu pressionando sem encontrar o caminho para o gol. A solução veio de uma bola parada. Após sofrer falta na entrada da área, Nenê cobrou bem e abriu o placar para os mandantes.

A vantagem animou o clube cruzmaltino. Em triangulação com Nenê na intermediária, Éderson recebeu com liberdade, ajustou o corpo e chutou forte rasteiro para ampliar o placar em São Januário. A partida ficou ainda mais aberta aos 29 minutos, quando Crizan cruzou para Marquinhos que, inteligentemente, escorou para Ricardo Bueno na área, que apenas completou para o gol e diminuiu a desvantagem do time paulista. A partida continuou disputada até o intervalo.

Na segunda etapa, logo aos dois minutos, Nenê armou bom contra-ataque para Eder Luís, que se afobou no domínio e desperdiçou boa chance dentro da área. Aos 9, Andrezinho levantou na área e Rodrigo cabeceou com muito perigo para o gol de Felipe Alves. Apesar das tentativas vascaínas, o Oeste perseverou e foi premiado. Aos 16, a bola estava sendo disputada na entrada da área e sobrou rolando para Crizan. O atacante bateu com perfeição no ângulo de Martín Silva, que nada pôde fazer para evitar o gol de empate.

Com o placar igual, o jogo ficou ainda mais aberto. Em busca do resultado, o Vasco se lançou ofensivamente e deixou espaços, que foram aproveitados pelo Oeste. Aos 25 minutos, a torcida cruzmaltina passou a gritar pedindo mais disposição de seus jogadores. Ambos os técnicos armaram seus elencos de maneira ofensiva nos 20 minutos finais. Jorginho colocou Madson no lugar de Junior Dutra, avançou Yago Pikachu para o meio e deu uma chance ao atacante Thalles.

Cansado, o Vasco cedeu. Rodrigo salvou uma escapada perigosa aos 40 minutos. No lance seguinte, Marquinhos bateu forte para fora. Aos 41, o Vasco respondeu com uma finalização de Yago Pikachu, espalmada para escanteio por Felipe Alves. Na cobrança, Thalles marcou de cabeça, mas o árbitro viu uma falta de Rodrigo na defesa e anulou o tento.

As tentativas surtiram efeito e, jogando na raça, o time carioca conseguiu fazer o gol da vitória. Aos 46 minutos, após cruzamento de Thalles dentro da área, a bola sobrou para Yago Pikachu, que emendou para o fundo da rede, deixando o Vasco em vantagem no placar. Depois do gol, foi só administrar e comemorar a quebra da sequência negativa.

FICHA TÉCNICA

VASCO 3 x 2 OESTE

VASCO - Martín Silva; Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Douglas Luiz, Andrezinho e Nenê; Júnior Dutra (Madson), Jorge Henrique (Eder Luis) e Éderson (Thalles). Técnico: Jorginho.

OESTE - Felipe Alves; Felipe Rodrigues, Bruno Silva e Velicka (Betinho); Daniel Simões, Renan Mota, Marquinho e Rodolfo; Crysan (Marcus Vinícius), Mike e Ricardo Bueno (Matheus Vargas). Técnico: Fernando Diniz.

GOLS - Nenê, aos 24, Éderson, aos 27, e Ricardo Bueno, aos 29 minutos do primeiro tempo; Crizan, aos 16, e Yago Pikachu, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Junior Dutra, Douglas Luiz e Rodrigo (Vasco); Bruno Silva e Daniel Simões (Oeste).

ÁRBITRO - Marielson Alves Silva (BA).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).