22°
Máx
14°
Min

Vasco vence o Tigres por 2 a 0 e chega à quinta vitória consecutiva no Carioca

O Vasco venceu o Tigres por 2 a 0, neste sábado, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ), pela quinta rodada do Campeonato Carioca. Com a vitória, o time chega a 15 pontos e, invicto, se mantém líder do Grupo A. Para o clube da Baixada Fluminense, o resultado representa a quinta partida sem marcar pontos - está na última posição do Grupo B.

Em partida tranquila e com ampla superioridade, o clube de São Januário esbarrou apenas em seus próprios erros de finalização para não ter um placar mais elástico. Nenê, cérebro da equipe, Riascos, pela disposição, e Thales, autor do primeiro gol, foram destaques. O Tigres, com elenco mais frágil e que ainda teve um jogador expulso, se trancou e tentou evitar mais uma derrota na competição. O destaque foi o goleiro Renan, que salvou muitos ataques.

As equipes voltam a campo no meio de semana para a próxima rodada do Campeonato Carioca. O Tigres joga contra o Resende no mesmo estádio Los Larios na quarta-feira, às 16 horas. O Vasco recebe o Friburguense na quinta, no estádio de São Januário, no Rio, às 19 horas.

O JOGO - A disputa começou sem grandes emoções. O Vasco, favorito, explorou a defesa do Tigres. Com o tempo, o time alvinegro foi criando chances, como o lance de Riascos aos 17 minutos, que recebeu cara a cara, driblou o goleiro Renan, mas, sem ângulo, não conseguiu finalizar bem. Com total posse de bola e paciência, os vascaínos gradativamente foram furando o bloqueio do Tigres.

Embora melhor no jogo, o Vasco tardou a criar jogadas envolventes. O lance mais claro aconteceu aos 36 minutos. Rafael Vaz deu belo drible e cruzou. Riascos alcançou a bola e, na linha da pequena área, mandou para fora, desperdiçando uma oportunidade clara.

Na busca de ir para o intervalo em vantagem, o Vasco pressionou até o último minuto. Aos 47, em cruzamento de Andrezinho, Julio dos Santos cabeceou e Renan fez excelente defesa. No rebote do lance, Rafael Vaz cabeceou e carimbou o travessão. No minuto seguinte, Andrezinho bateu rasteiro de fora da área e o goleiro espalmou. A bola pingou à sua frente e Riascos estava no lugar certo e chutou. Seria o primeiro do Vasco não fosse a incrível recuperação de Renan, que projetou o peito em direção à bola e evitou o tento.

A vontade vascaína não cessou na segunda etapa. No primeiro minuto, Riascos quase abriu o placar. Em cruzamento, o atacante cabeceou, a bola bateu na trave e passeou caprichosamente por cima da linha até ser interceptada pela zaga. Os jogadores do Vasco reclamaram que havia sido gol.

O jogo seguia sem grandes emoções até os 17 minutos. O zagueiro Sérgio Raphael fez falta em Nenê na entrada da área e, ao receber o segundo cartão amarelo, foi expulso. Com um a mais, o Vasco pressionou ainda mais o time de Duque de Caxias. Aos 25, Rafael Vaz bateu falta da entrada e Renan fez nova boa defesa.

Riascos tinha muita disposição, mas não conseguiu convertê-la em gols. O técnico Jorginho, então, o substituiu pelo atacante Thalles. O jogador teve estrela e, aos 35 minutos, recebeu cruzamento de Madson, cabeceou no canto esquerdo e abriu o placar.

Após o primeiro gol, a defesa do Tigres deu um chute para o alto, o goleiro Renan foi encaixar e se atrapalhou, deixando a bola escapar dentro da pequena área. Oportunista, Nenê estava lá e aproveitou para ampliar a vantagem para o Vasco. De olho no placar, a equipe de São Januário apenas administrou a partida até o apito final.

FICHA TÉCNICA

TIGRES 0 x 2 VASCO

TIGRES - Renan; Alex Santos, Rodrigo Sam, Sérgio Raphael e Lucão; Gabriel (Lucas Dantas), Léo Bartholo, Fabiano, Giovanni (Lucas Willian) e Kelvy (Oliveira); Fabiano Oliveira. Técnico: Marcelo Cabo.

VASCO - Martín Silva; Madson, Luan, Rafael Vaz e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Eder Luis) e Riascos (Thalles). Técnico: Jorginho.

GOLS - Thalles, aos 35, e Nenê, aos 38 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Renan, Rodrigo Sam, Alex Santos, Fabiano e Gabriel (Tigres); Rafael Vaz, Andrezinho e Nenê (Vasco).

CARTÃO VERMELHO - Sérgio Raphael (Tigres).

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ).