22°
Máx
16°
Min

Veteranos do Villa Nova surpreendem, mas Cruzeiro garante vitória de virada

Após ficar atrás no marcador em duas oportunidades, com gols dos veteranos Mancini e Fábio Júnior, o Cruzeiro conseguiu virar o jogo e bater o Villa Nova por 3 a 2, neste domingo, no estádio Mineirão, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Mineiro.

Manoel, Rafael Silva e Bruno Rodrigo garantiram a vitória ao Cruzeiro, que foi a 20 pontos, disparado na liderança do Estadual. Já o Villa Nova parou nos 13 pontos, na terceira posição.

Em um primeiro tempo de bastante movimentação, o Cruzeiro quase abriu o placar aos 4 minutos de jogo, quando Fabiano cruzou na medida para Rafael Silva, mas o atacante cabeceou na trave. O Villa Nova respondeu aos 11, com chute rasteiro de Marielson defendido por Fábio.

O restante da primeira etapa foi de domínio do Cruzeiro, que quase chegou ao gol com Alisson e Sánchez Miño, mas o goleiro Thiago Leal apareceu para dificultar a vida dos atacantes.

Já o segundo tempo reservou muito mais emoção ao jogo. Logo no primeiro minuto, Mancini cruzou para Fábio Júnior subir com liberdade na pequena área e fazer 1 a 0 para o Villa Nova. O centroavante comemorou discretamente o gol marcado sobre o seu time do coração.

Após o susto, o Cruzeiro voltou a pressionar e buscou o empate aos 23 minutos. Manoel ganhou da defesa no alto e cabeceou na trave. No rebote, o próprio zagueiro apareceu para mandar para o fundo das redes.

A festa cruzeirense durou pouco, pois aos 28 minutos os veteranos do Villa Nova voltaram a brilhar. Desta vez, em papéis invertidos. Após receber de Mancini, Fábio Júnior apenas ajeitou de volta para o meio-campista bater de fora da área no canto esquerdo e sair para o abraço. Na comemoração, o jogador lembrou o Atlético-MG, time pelo qual foi revelado, e imitou um galo, provocando os cruzeirenses.

No entanto, a resposta do Cruzeiro veio logo em seguida, aos 30. Pelo lado direito, Fabiano cruzou para a área e encontrou Rafael Silva, que, sozinho, mandou de cabeça sem chances para o goleiro.

Quando o empate parecia certo, aos 44 minutos, o Cruzeiro conseguiu virar o jogo. Alisson levantou a bola pelo lado esquerdo para Henrique, que escorou para Bruno Rodrigo estufar as redes. Feliz com o gol, o banco de reservas cruzeirense rebateu a provocação de Mancini, que discutiu com o preparador de goleiros e acabou expulso de campo.