22°
Máx
17°
Min

Vitória vence Coritiba após virar o placar no segundo tempo

(Foto: Coritiba Oficial) - Vitória vence Coritiba após virar o placar no segundo tempo
(Foto: Coritiba Oficial)

O confronto entre Vitória e Coritiba na Copa Sul-Americana não é novidade para ninguém. Com histórico de embates na competição, as duas equipes se reencontraram nesta quinta-feira (25) para um tira-teima. Na edição de 2009, o Rubro-Negro eliminou o Coxa e avançou. Em 2013, foi a vez dos paranaenses darem o troco e tirarem a equipe baiana do campeonato.

Adversários na Copa Sul-Americana, Vitória e Coritiba também travam uma briga dura contra o Z-4 do Campeonato Brasileiro. Em 17º lugar na competição e na zona de rebaixamento, com 23 pontos, o Leão está apenas três posições abaixo do Coxa, 14º colocado, com 25 pontos. Nesta quinta-feira, o Rubro-Negro esperava ter contra o Coxa a mesma sorte que teve no Brasileirão, mas a partida foi diferente do que no primeiro turno, onde venceu o rival paranaense por 3 a 1 em Feira de Santana.

Logo nos primeiros minutos do primeiro tempo, Kleber mostrou facilidade para sair na cara do gol do Vitória e em menos de 10 minutos de bola rolando, o Coritiba teve duas chances de marcar.

Mesmo com a pressão do time alviverde e da maior parte do tempo com a posse de bola, nos 20 minutos Diego Renan cobrou falta, jogou a bola na área, Evandro desviou a bola com a mão e o árbitro marcou o pênalti para o Vitória. Apesar da grande chance, Kieza perdeu a cobrança! A bola foi na trave direita do goleiro Wilson!

O jogo deu uma equilibrada depois do pênalti, ficou aberto e muito movimentado entre Vitória e Coritiba, mas no fim do primeiro tempo, nos 43 minutos, Kleber tocou para Dodô na direita, o lateral-direito cruzou na medida para Evandro, que pegou de primeira e fuzilou a rede. Coxa abriu o placar na Fonte Nova.

O Vitória voltou mais firme no segundo tempo. Apesar da grande movimentação, a chance de empate veio através de mais um pênalti do Vitória. Quase aos 20 minutos, Vitória desceu pela esquerda, Kieza deu o passe para Cárdenas, que foi derrubado por Wilson no momento do drible. Diego Renan partiu para a cobrança rasteira e converteu a penalidade, no canto direito de Wilson, deixando tudo igual.

O Vitória realmente entrou em campo no segundo tempo para jogar. Aos 24 minutos, Diogo Mateus fez o cruzamento da direita, Luccas Claro se atrapalhou e Kieza empurrou para a rede. Foi a virada do Leão!

O desempenho do Coritiba não foi bom no restante da partida, com dificuldade na saída de bola o partida terminou nos 2 a 1 para o Vitória.