22°
Máx
16°
Min

Wallace reclama de invasão no treino do Fla: 'Ninguém gosta de ser intimidado'

Dois dias depois da derrota para o Volta Redonda, o Flamengo viveu uma manhã tumultuada nesta segunda-feira. Alguns membros de uma torcida organizada do clube invadiram o treino no CT Ninho do Urubu sem a autorização da diretoria e exigiram conversar com os jogadores.

A atitude, como era de se esperar, desagradou os jogadores do Flamengo, que se sentiram acuados. O capitão Wallace foi o escolhido para falar sobre o assunto na entrevista coletiva do dia e não escondeu o sentimento de revolta pelo ocorrido.

"Houve uma conversa. Eles invadiram, foi uma posição deles e o clube tomou providência. Não houve nada de relevante. Não deveria ser normal, mas no Brasil isso é corriqueiro", declarou. "Ninguém gosta de ser intimidado, mas assim é o nosso futebol. Vida que segue."

Wallace não entrou em maiores detalhes sobre o teor da conversa, mas fez questão de esclarecer que não houve agressões. "Eles (torcedores) fizeram reivindicações. Nós colocamos nosso ponto de vista e eles colocaram o deles. Não teve nada de agressão, foi uma conversa tranquila. Não houve agressão verbal ou física."

O zagueiro, no entanto, admitiu o temor de que o caso precisasse ser levado à polícia. "Ninguém agrediu ninguém. Pelo o que conversei com eles, não tinham essa intenção de agressão. Se eles entendessem que deveria chegar a esse ponto, viraria caso de polícia", comentou.

O experiente zagueiro de 28 anos também mostrou descontentamento com a postura da diretoria, que não conseguiu impedir a invasão destes torcedores. "Se o Rodrigo (Caetano) e a diretoria acharam viável eles permanecerem aqui, o que podemos fazer?", questionou.

Segundo Wallace, o técnico Muricy Ramalho não participou da conversa. Cinco jogadores do elenco, incluindo ele próprio, teriam se prontificado a falar com os torcedores, que se mostraram revoltados com a nova derrota do Flamengo. A queda por 1 a 0 para o Volta Redonda foi o quarto jogo consecutivo sem vitória do time rubro-negro, que não marcou gols em nenhuma destas partidas.