20°
Máx
14°
Min

Weverton defende três pênaltis, perde um e Atlético é desclassificado da Copa do Brasil

(Foto: William Bittar) - Weverton defende três pênaltis, perde um e Atlético é desclassificado
(Foto: William Bittar)

O Atlético Paranaense saiu na frente, conseguiu levar a partida para os pênaltis, mas foi desclassificado nas oitavas de final da Copa do Brasil. Jogando em Porto Alegre, contra o Grêmio, o time rubro-negro venceu a partida por 1 a 0, mesmo resultado que o Grêmio construiu em Curitiba, e a partida foi decidida nas penalidades. Mesmo com Weverton defendendo três penalidades, os batedores estavam em uma péssima noite e o Atlético perdeu por 4 a 3, dando adeus à competição.

Grêmio pressiona, mas Atlético equilibra e sai na frente

O Grêmio começou o jogo pressionando o Atlético para tentar ampliar a vantagem construída no jogo de ida. Logo aos 4 minutos, Maicon deixou Henrique Almeida cara a cara com Weverton, mas o atacante chutou para fora e desperdiçou uma chance incrível.

O Atlético não conseguia criar chances, um pouco por estar pouco acostumado em jogar com três zagueiros. Com o passar do tempo, o rubro-negro começou a equilibrar as ações e conseguiu sair na frente. Aos 30 minutos, Hernani recebeu de Luan e chutou cruzado, mesmo a bola indo fraca para Marcelo Grohe, o goleiro não segurou e André Lima aproveitou para abrir o placar.

Insatisfeita, a torcida do Grêmio vaiou o time na saída para o intervalo.

Times não conseguem criar e partida vai para os pênaltis

No segundo tempo a pressão começou jogando contra o time gremista. Com o resultado levando a partida para as penalidades e a torcida vaiando, o Grêmio não conseguia criar chances. O Atlético tentava buscar o contra-ataque para ‘matar’ o jogo, mas pouco conseguia criar ofensivamente, principalmente após André Lima sair lesionado.

A falta de criatividade das duas equipes fez a decisão ir para os pênaltis. Apesar de contar com um goleiro de seleção brasileira, o Atlético ficou sem seus principais atacantes nas cobranças e acabou eliminado após conseguir vencer a partida no tempo normal. O goleiro Weverton até pegou três penalidades e até pediu para cobrar um, mas perdeu, e no final das contas a noite foi de Marcelo Grohe, que falhou no primeiro tempo, defendeu três pênaltis e viu Paulo André desperdiçar para o Atlético, classificando o Grêmio para as quartas de final.

FICHA TÉCNICA
 GRÊMIO 4 (0) X (1) 3 ATLÉTICO PARANAENSE

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon e Douglas; Luan, Henrique Almeida (Guilherme) e Pedro Rocha.
Técnico: Renato Portaluppi.

Atlético Paranaense: Weverton; Paulo André, Thiago Heleno e Zé Ivaldo; Léo, Otávio, Hernani, Pablo (João Pedro) e Nicolas; Luan (Juninho) e André Lima (Marcos Guilherme).
Técnico: Paulo Autuori

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre/RS.
Data: 21/09/2016.
Hora: 19h30 (horário de Brasília).
Público / Renda: 12.321 pagantes / 13.909 total / R$ 339.795,00
Gols: André Lima aos 30 minutos do 1º tempo para o Atlético;
Cartões Amarelos: Henrique Almeida (Grêmio).
Cartão Vermelho: não houve.
Arbitro: Vinicius Furlan (SP).
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP).