26°
Máx
19°
Min

Argentina derrota a Rússia e conquista Mundial de Futsal pela 1ª vez na história

- Argentina derrota a Rússia e conquista Mundial de Futsal

A Argentina derrotou a Rússia por 5 a 4, de virada, neste sábado, no ginásio Coliseo el Pueblo, em Cali, na Colômbia, e conquistou pela primeira vez em sua história o título do Mundial de Futsal. Os vice-campeões contaram com a presença de quatro brasileiros naturalizados russos em quadra, mas nem assim conseguiram evitar a derrota.

Os argentinos, com um time 100% formado por atletas de seu país, começaram pior a partida e viram o brasileiro Éder Lima abrir o placar aos 15 minutos de jogo. No entanto, a equipe sul-americana reagiu e deixou tudo igual com Alamiro Vaporaki.

O duelo seguiu equilibrado até que, a 28 segundos do fim, a Argentina conseguiu um tiro livre para cobrar. Cuzzolini bateu e virou o jogo. No início do segundo tempo, Éder Lima voltou a empatar a partida.

Os argentinos não se intimidaram e surpreenderam o adversário com dois gols de Brandi na sequência: 4 a 2. Os russos passaram a pressionar, enquanto que a equipe argentina se fechou na defesa para segurar o resultado.

No entanto, Constantino Vaporaki, irmão de Alamiro, aproveitou um contra-ataque e, com o gol vazio, fez o quinto. Na base do tudo ou nada, a Rússia ainda diminuiu com Lyskov e, depois, com Éder Lima. Mas não houve tempo para conseguir o empate e a seleção argentina comemorou o primeiro título de sua história no futsal.

IRÃ É BRONZE - Principal surpresa da Copa do Mundo ao eliminar o Brasil nas oitavas de final, a seleção iraniana ficou com o terceiro lugar ao vencer Portugal na disputa de pênaltis por 4 a 3. No tempo regulamentar, as equipes ficaram no empate por 2 a 2.

HOMENAGEM A FALCÃO - Melhor jogador de futsal de todos os tempos, o brasileiro Falcão foi homenageado momentos antes da decisão entre Argentina e Rússia. Bicampeão mundial e único atleta a disputar cinco Mundial da modalidade, o atleta também se tornou na Colômbia o maior artilheiro da história do torneio ao marcar 48 gols. Por tudo isso, recebeu uma miniatura da taça de campeão das mãos do presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino.