21°
Máx
17°
Min

De virada, Marreco vence Guarapuava e vai ao 2º lugar do grupo

- De virada, Marreco vence Guarapuava e vai ao 2º lugar do grupo

Pela quarta rodada da fase de grupos do Paranaense de Futsal da Série Ouro, Cresol/Marreco e Guarapuava fizeram uma grande partida na noite deste sábado (01) no ginásio Arrudão e de virada o Marreco venceu por 3x1, conquistou sua primeira vitória na fase de grupos, depois de três empates nas três primeiras rodadas. A vitória deixa o Marreco na segunda posição, atrás somente do Marechal que lidera com oito pontos.

O jogo todo foi muito equilibrado como era de se esperar, e quando o primeiro tempo se encaminhava para um empate sem gols, aos 18 minutos Rangel se enroscou com Régis, a bola saiu, mas o árbitro Ednei Custódio da Silva marcou falta do jogador do Marreco – Como já havia estourado o limite de faltas, o lance originou em tiro livre direto que foi convertido por Daniel Feitosa. No segundo tempo o Marreco voltou visivelmente melhor e pressionou o adversário até chegar ao empate. O lance aconteceu quando a equipe beltronense tinha um a mais em quadra já que Régis, capitão do Guarapuava que estava nervoso desde o início do jogo, foi expulso depois de levar o segundo cartão amarelo por ter empurrado Maguí fora do lance. Com um a mais e depois de muita pressão, Canhoto tocou no capricho para Fabiano Assad igualar o placar.

Não demorou muito e o Marreco cresceu ainda mais no jogo chegando ao gol da virada depois de jogada que começou de novo com Canhoto, passou por Banana que ajeitou para Maguí virar o placar aos 7 minutos jogados no segundo tempo. Faltando 2 minutos para o fim, o Guarapuava se arriscou com goleiro linha trocando passes sem sucesso até Emerson recuperar a bola, que sobrou para Maguí bater de um lado a outro da quadra para o gol vazio, fechando o placar.

No sábado (08) o Marreco joga novamente no ginásio Arrudão, mas pela Liga Nacional de Futsal contra o Atlântico de Erechim. O jogo vale pelo confronto de ida das oitavas de final da competição e caso vença, a equipe de Francisco Beltrão pode perder por qualquer placar em Erechim que já garante a prorrogação no jogo de volta, e no caso de empate garante a vaga inédita para as quartas de final.  Pela Série Ouro o próximo jogo seria contra o São Lucas de Paranavaí, mas como o jogo estava marcado para o mesmo dia do jogo contra o Atlântico, uma nova data será definida pela Federação Paranaense de Futebol de Salão.

Colaboração PP News FB.