21°
Máx
17°
Min

Iate Clube é o primeiro clube londrinense a vencer um campeonato nacional de Futsal

(foto: divulgação) - Iate Clube é o primeiro clube a vencer um campeonato nacional
(foto: divulgação)

O Iate Clube/FEL/Londrina Futsal fez história no último domingo (21). O time, comandado por Wilton Santana foi campeão da Taça Brasil de Clubes Sub – 20 da 1° divisão e se tornou o primeiro clube de Londrina a conquistar uma competição nacional na modalidade.

O torneio foi realizado em Campina Grande, na Paraíba e teve duração de seis dias. Com 100% de aproveitamento no torneio, a equipe londrinense venceu todos os seus confrontos, tanto na fase de grupos, quanto nas fases eliminatórias.

Na grande final, realizada no último domingo (21), a equipe iateana foi superior do início ao fim do jogo, decretando a conquista do torneio. Na primeira etapa, Bruno e Simões abriram a vantagem de dois gols no placar, mas com o início do segundo tempo a equipe da EPCF, descontou com um gol. Em seguida, Simões novamente e o goleiro Rodrigo decretaram o placar de 4 a 1, sem chances para o adversário.

Referência pela raça e superação dentro de quadra, o zagueiro Marcelinho sofreu com uma lesão na coxa esquerda durante a competição e correu o risco de ficar de fora dos dois últimos jogos do campeonato. Felizmente, ele recebeu tratamento médico e se recuperou a tempo de ajudar a equipe na conquista.

Segundo ele, esse foi um dos momentos mais marcantes na sua carreira, por acreditar que estaria fora do torneio: “Quando eu me machuquei, a primeira coisa que passou na minha cabeça foi que tinha acabado o campeonato pra mim. Mas daí com os meus companheiros de time e comissão técnica me incentivando eu fui crescendo e acreditando mais em mim e fui superando, mesmo com dores insistir para jogar os dois últimos jogos do campeonato”.

Outro atleta que se destacou para na conquista do campeonato foi o goleiro Rodrigo. Ele mostrou toda a sua qualidade a serviço do Iate Clube/FEL/Londrina Futsal, o que pode possibilitar até em uma convocação para a Seleção Brasileira Sub-20, já que será indicado por membros da CBFS, que estiveram presentes na semifinal e final do torneio “Fico feliz pelo reconhecimento da comissão técnica sobre o meu trabalho. Os jogos finais foram muito disputados, o que era de se esperar por se tratar de uma Taça Brasil. A importância de ter me destacado nos jogos finais claramente é a visibilidade que a Taça Brasil proporciona, e quem sabe poder sonhar uma possível convocação para a Seleção Brasileira Juvenil que vai ocorrer no fim do ano”.

Líder dentro e fora de quadra, o capitão Paulinho é o atleta do atual elenco com maior identidade com o clube, iniciou em 2006 e este ano, comemora dez anos vestindo a camisa da agremiação. Ele afirma que a ‘ficha ainda não caiu’, devido a importância e a proporção que a competição tem para o cenário nacional “Quando chegamos em Londrina, depois que cada um voltou pra casa, aí sim começamos a ter dimensão do que conseguimos, até porque o clube e a cidade ainda não tinham conquistado esse título. Sem dúvidas a nossa equipe será vista com outros olhos a partir desta conquista, isso já iria ocorrer devido o título estadual do ano passado e principalmente agora com a Taça Brasil. Devemos trabalhar ainda mais forte e nunca nos acomodar. O que passou, passou e que venham novos objetivos e desafios para essa equipe faminta.”

(com assessoria de imprensa)