22°
Máx
14°
Min

Keima e Caramuru fazem clássico da rodada na Chave Ouro

(Foto: Divulgação) - Keima e Caramuru fazem clássico da rodada na Chave Ouro
(Foto: Divulgação)

O Keima Futsal/AFP recebe na noite deste sábado (30) o Caramuru Futsal, de Castro, em jogo válido pela 7ª rodada do Paranaense de Futsal. A partida acontece às 20h30 no Ginásio de Esportes Oscar Pereira. Após dois jogos sem vitória, o rubro-negro tenta repetir a boa forma do início da competição.

O jogador Dudu, da Seleção Brasileira sub-17 de Futsal, será a grande novidade do Keima, inscrito pela primeira vez no campeonato. Além disso, Guto volta ao time no lugar do jovem goleiro Gustavo. Richard, julgado durante a semana pela expulsão contra o Umuarama, cumpre mais um jogo de suspensão.

Marcio é o único pivô disponível do Keima, já que Cleodon e Fits estão suspensos. Os novos reforços, Di Fanti (goleiro) e Chico Paulista (pivô), ainda buscam a melhor condição física. Claudinho já está recuperado da lesão, mas volta aos poucos a trabalhar com o restante do grupo.

Alvinegro

Já o Caramuru quer dar continuidade à sequência de vitória. Mas o clássico regional cheio de rivalidades não está movimentado apenas para os torcedores. O artilheiro Maikinho, que é de Ponta Grossa, hoje defende o alvinegro castrense e garante que está “louco” para entrar em quadra. Com quatro gols na Ouro, ele destaca o fato de estar “do outro lado”.

“Estou muito ansioso e com uma expectativa muito boa para esse jogo. O ano passado joguei no Keima e não fui muito aproveitado, agora defendendo o Caramuru estou muito feliz em ter oportunidades e sabendo aproveitá-las”, comentou.

Para algumas pessoas, jogar contra sua cidade é uma dificuldade, pois a pressão dentro de quadra é ainda maior. De acordo com o ala, isso não será problema. “De jeito nenhum estou me sentindo pressionado, muito pelo contrário estou com muita vontade de jogar”, completou.

Retrospecto

Em caso de vitória no jogo de sábado, o Keima Futsal chegará aos mesmos 16 pontos do CAD de Guarapuava, dividindo a liderança da Chave Ouro. O time do Calçados Catarinenense/Alegra Foods/Caramuru está na cola do rubro-negro, com 12 pontos em cinco jogos disputados.

O clássico de amanhã será o 450° jogo de equipes ponta-grossenses na história do Paranaense de Futsal, contabilizando as três divisões (Ouro, Prata e Bronze). Além disso, o Keima Futsal/AFP defende uma invencibilidade de nunca ter perdido para equipes de Castro em casa – em jogos válidos desde 2001.

O pivô Marcio, que não atuou na última partida, já está recuperado do incômodo que sentiu no duelo contra o São Lucas. O atleta espera uma equipe concentrada e com um objetivo claro. “Nossa equipe vai buscar a vitória porque queremos estar ali entre os times da ponta do campeonato. Independentemente de ser clássico ou não, espero que consigamos repetir o que o Baiano pediu nos treinamentos”, disse.

O técnico Eduardo Baiano exigiu bastante o posicionamento defensivo durante a semana, principalmente ao chegar mais firme nas jogadas. Sobre o adversário de amanhã, a maior preocupação é com uma dupla iluminada. “A equipe deles tem dois jogadores em uma fase muito boa, o Léo Costa e o Maikinho, que jogava aqui ano passado. É uma equipe de muita qualidade e que joga com a marcação alta, esperamos que eles façam o mesmo aqui”, explica o comandante do Keima.

Colaboração Assessoria de Imprensa.