22°
Máx
17°
Min

Keima foca na parte tática para decidir vaga na final da Ouro

(Foto: Divulgação) - Keima foca na parte tática para decidir vaga na final da Ouro
(Foto: Divulgação)

A preparação para o duelo semifinal de sábado (3), às 20h30, no Ginásio Oscar Pereira, segue a todo vapor no Keima Futsal/AFP. Nas quadras, os últimos treinos são realizados, visando a parte tática para pegar o Marreco daqui três dias. Nas quartas de final, o rubro-negro eliminou o maior vencedor do estado, o Cascavel.

Jogador mais antigo do plantel do Keima, o ala Claudinho permaneceu mais de 250 minutos em quadra ao longo da competição. O baixo número se deve ao fato do jogador ter ficado lesionado por cerca de 2 meses, ainda na primeira fase do Paranaense. Edu, Ian e Marinho, presentes na equipe desde o começo da temporada, ficaram mais de 350 minutos em quadra. Apenas o ala Éder ficou mais tempo, com 450 minutos, o líder neste quesito.

Artilheiro do Keima Futsal na competição, o pivô Vilela permaneceu em quadra por mais de 250 minutos na temporada. O camisa 9, que chegou na metade do returno da primeira fase, marcou um gol a cada 15 minutos em quadra.

Quartas de final

Na partida de ida, realizada no Ginásio da Neva, o rubro-negro desarmou 75 vezes, sete desarmes a menos do que o jogo de volta. Com relação ao número de chutes dados, os comandados de Baiano também melhoraram o desempenho na segunda partida. De 28 disparos em Cascavel, o segundo jogo teve um grande aumento, chegando a 42 finalizações. Os passes errados também caíram pela metade no Oscar Pereira, de 14 erros para apenas sete.

Colaboração Assessoria de Imprensa.