22°
Máx
14°
Min

Marreco e Caramuru se enfrentam nesta sexta pela Chave Ouro

(Foto: Divulgação / Luciana Westphal) - Marreco e Caramuru se enfrentam nesta sexta pela Chave Ouro
(Foto: Divulgação / Luciana Westphal)

A delegação do Caramuru Futsal viaja nesta sexta-feira (18) rumo a Francisco Beltrão para encarar o Marreco Futsal na última rodada da primeira fase do Paranaense. A partida será no Ginásio Arrudão às 20h30.

Mesmo já classificado para continuar na competição, com a sexta posição na tabela, com 29 pontos, o técnico Soneca disse que a equipe não pode relaxar. “Em nenhum momento podemos aceitar o relaxamento. Temos que jogar no limite todos os jogos, porque na terceira fase, decidirá em casa o time de melhor campanha nas duas primeiras fases, então precisamos somar o maior número de pontos possíveis”, explicou.

Para a partida desta noite, o técnico não poderá contar com o pivô Sady e nem com o ala Maikinho, suspensos devido ao número de cartões. “A suspensão dos atletas estava premeditada para que possamos entrar na segunda fase com todos os jogadores em condições e sem estar pendurados por cartões”, completou Soneca.

Em compensação, Léo Rummenigge, que ficou fora do último jogo por lesão, terminou as sessões de fisioterapia e foi liberado para voltar a atuar. Léo passou a semana treinando juntamente com o elenco e está escalado para a viagem. “A expectativa para esse jogo é muito boa. O Marreco é um grande adversário e sabemos que será um jogo difícil, mas treinamos forte durante a semana e esperamos voltar com pontos de Beltrão, seja eles de vitória, ou pelo menos o empate”, comentou o jogador.

Colaboração Assessoria de Imprensa.