28°
Máx
17°
Min

Flávia Saraiva e Rebeca Andrade fazem duas dobradinhas e vão a finais em Portugal

(Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas) - Flávia Saraiva e Rebeca Andrade fazem duas dobradinhas e vão a finais em Portugal
(Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas)

Flavia Saraiva e Rebeca Andrade ficaram nos dois primeiros lugares das eliminatórias tanto da trave quanto do solo, nesta sexta-feira, na etapa de Anadia (Portugal) da Copa do Mundo de Ginástica Artística. No masculino, Sergio Sasaki passou às finais tanto no salto quanto nas barras paralelas.

Na trave, Flavinha somou 14,950 pontos, contra 13,750 de Rebeca Andrade, mostrando que é candidata a medalha nesse aparelho na Olimpíada. Além disso, demonstrou evolução na comparação com a nota 14,733 do pré-olímpico.

No solo, Flávia também foi melhor que a companheira de equipe e, agora também de clube - as duas estão no Flamengo. Flavinha recebeu nota 14,150 e, Rebeca, 13,800. No Pré-Olímpico, o xodó do time brasileiro havia alcançado 14,400.

No masculino, o Brasil está em Anadia só com Sérgio Sasaki que passou à final em quarto no salto (14,675) e em quinto nas barras paralelas (15,600). Arthur Nory Mariano também estava convocado, mas não viajou a Portugal. Foi poupado. O mesmo vale para Jade Barbosa, que está em Anadia, mas não competiu.

No sábado, Sasaki disputa a final do cavalo com alças em Anadia, enquanto Lorrane Oliveira participa da final das barras assimétricas. As finais femininas de trave e solo e masculinas de salto e barras paralelas serão no domingo. Flavinha e Rebeca não se apresentaram nas barras assimétricas e no salto.