24°
Máx
17°
Min

Atleta chamado de ‘macaco’ faz juiz encerrar partida nos Jogos Abertos em Cambé

(foto: Facebook/Reprodução) - Jogos Abertos: atleta chamado de ‘macaco’ faz juiz encerrar partida
(foto: Facebook/Reprodução)

Um caso de injúria racial foi registrado na noite desta segunda-feira (25) durante as finais do handebol masculino nos Jogos Abertos que estão sendo disputados em Cambé.

O atleta Mateus Ângelo “Feijão”, da Associação de Handebol de Arapongas, foi xingado de “macaco” aos oito minutos do segundo tempo, quando Cambé vencia por 17 a 15. Diante atitude criminosa, os árbitros decidiram encerrar a partida, dando o título para a equipe da casa.

O autor das ofensas seria pai de um dos atletas da equipe de Cambé. “Não é a primeira vez que acontece isso com esse atleta. Ele ficou desnorteado e os organizadores dos jogos foram conversar com a gente. O árbitro afirmou que não teria condições de continuar o jogo porque os ânimos estavam aflorados, e não ia terminar bem”, afirmou Renato Santana, integrante da comissão técnica.

Apesar da confusão e do enceramento do jogo, a entrega de medalhas foi feita normalmente. 

Segundo Santana, caberá ao atleta decidir se registra boletim de ocorrência contra o autor das injúrias. A injúria racial está prevista no artigo 140, parágrafo 3º, do Código Penal, que estabelece a pena de reclusão de um a três anos e multa.