27°
Máx
13°
Min

Bicampeão, Londrina se reencontra com a Liga Nacional de Handebol

(foto: Divulgação) - Bicampeão, Londrina se reencontra com a Liga Nacional de Handebol
(foto: Divulgação)

A equipe da MRV/Unicesumar/Paiquerê FM/Londrina estreia nesta quinta-feira (15) na Liga Nacional de handebol masculino contra o Juiz de Fora, às 20h no ginásio Moringão, em Londrina.

Para esta edição, o time londrinense terá um elenco jovem, recheado de garotos, com média de idade de 24 anos. Caberá a dois medalhões capitanearem o grupo, o goleiro cubano Michael Bravet, de 35 anos, que disputará a Liga pela 10ª vez na carreira, e o armador esquerdo Mão, de 37 anos, campeão da Liga Nacional em 2005 com a equipe de Londrina.

Outro que tem experiência de sobra quando o assunto é Liga Nacional é o técnico Giancarlos Ramirez, terceiro treinador em atividade no Brasil com mais participações no torneio – esta será sua 10ª vez no maior campeonato de handebol do Brasil. Ele só perde neste quesito para Sérgio Hortelan e Washington Nunes.

Mesmo com toda essa bagagem, o comandante admite que a ansiedade o cerca às vésperas de mais uma estreia. “Quem diz que não sente nenhum pouquinho está mentindo. É um friozinho na barriga gostoso, de quem vive intensamente esse esporte e vê a possibilidade de um crescimento importante da modalidade a partir desse ano”, falou o comandante.

Ramirez está confiante em uma boa participação no torneio. “Temos um time jovem, de muito potencial. Temos dois jogos vitais logo de cara e será muito importante conseguirmos duas vitórias, pois é uma competição de tiro curto, na qual quem errar menos vai levar vantagem”, analisou o treinador, que aproveitou para convocar o torcedor londrinense para apoiar a equipe. “Será um jogo muito difícil e o apoio da torcida será um gás a mais para esses meninos em quadra”, reforçou.

Para o goleiro Michael Bravet, o time tem potencial para fazer um bom papel no torneio. “Londrina carrega uma tradição muito forte na competição. Estou feliz em poder defender a equipe. O grupo é jovem e muito talentoso. Espero que dentro de quadra, eu e os mais experientes possamos absorver a pressão e ajudar os meninos a desenvolverem o seu melhor handebol”, comentou o arqueiro.

A chave

A MRV/Unicesumar/Paiquerê FM/Londrina está na chave Sul/Sudeste da competição, que foi regionalizada e ganhou mais participantes neste ano. Em turno único, a equipe vai brigar com Metodista, Pinheiros, São Caetano, Taubaté, Juiz de Fora, Uberaba e Maringá por uma das quatro vagas na próxima fase do torneio.

O próximo duelo será no sábado, diante do Uberaba-MG, às 16 horas, também no Moringão.

(com assessoria de imprensa)