28°
Máx
17°
Min

Mais um uruguaio reforça handebol de Londrina

(foto: Divulgação) - Mais um uruguaio reforça handebol de Londrina
(foto: Divulgação)

O português ainda é o idioma predominante nos treinamentos da MRV/Unicesumar/Paiquerê FM/Londrina. Mas a chegada de mais um reforço de fora do Brasil começa a fazer o espanhol ganhar força no dia a dia de trabalho da equipe que se prepara para a Liga Nacional de handebol masculino.

O armador esquerdo Francisco Ancheta, de 22 anos, foi integrado ao elenco nesta semana. Ele chega do Uruguai para se juntar ao seu compatriota Gaby Chaparro, que já treina em Londrina há quase um mês. Natural de Montevidéu, o armador tem se virado bem com o “portunhol”, mas quer aprender rapidamente o português para facilitar sua adaptação.

“Os primeiros dias têm sido muito bons. Todos me receberam muito bem. O idioma é natural, mas aos poucos vamos melhorando e aprendendo mais, até para facilitar o entendimento das orientações do professor Gian”, contou o uruguaio, que tem sua segunda passagem pelo Brasil – a primeira foi pelo Itajaí-SC, em 2014.

Francisco diz que ficou feliz com o convite para voltar ao Brasil, pois vê a chance de poder evoluir mais como atleta. “É um jogo mais forte, mais dinâmico, é um salto grande que há entre Uruguai e Brasil, importante para evoluir”, avaliou o jogador.

O técnico Giancarlos Ramirez teceu elogios ao atleta e diz que esse intercâmbio fortalece também a equipe e o handebol brasileiro. “O Francisco é polivalente, pode atuar em mais de uma posição e o handebol pede cada mais essas características. Quanto ao idioma, é gostoso essa troca também, temos atletas mais novos que podem aprender, e o Francisco já vai estar falando português também”, brincou o treinador.

E a ala do espanhol ainda deve ganhar mais integrante no início de setembro, quando chega mais um reforço latino, desta vez um cubano.

(com assessoria de imprensa)