23°
Máx
12°
Min

Alex Pombo ganha vaga e Brasil vai com 17 atletas ao Masters de Judô

O Brasil terá 17 representantes no Masters de Judô, torneio que fecha o ranking olímpico de sexta a domingo em Guadalajara, no México. Alex Pombo ganhou uma vaga no apagar das luzes, nesta segunda-feira. Ele é 27.º do ranking mundial da categoria até 73kg e irá à competição, restrita a 16 judocas por chave, por conta de desistências de outros atletas melhores classificados.

Com isso, o Brasil estará presente em 13 das 14 chaves da competição, ficando fora só na categoria até 66kg. Charles Chibana é o 19.º do mundo, herdaria uma vaga, mas abriu mão da participação. Preferiu permanecer treinando em São Paulo.

Para Pombo, a vaga no Masters o deixa ainda mais perto da Olimpíada. A convocação para a categoria até 73kg é das mais polêmicas porque o primeiro critério da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) é o ranking mundial, no qual Pombo tem 215 pontos a mais que Marcelo Contini.

Contini, entretanto, não teve a oportunidade de competir nas últimas duas edições do Campeonato Pan-Americano, que renderam 440 pontos a Pombo. Esses resultados entram como "extra" no ranking. Considerando apenas as 10 pontuações regulares, Contini teria 225 pontos de vantagem.

Pombo já fala com a certeza de que estará na Olimpíada. "Fiquei feliz com a convocação. Essa competição é de extrema importância para subir no ranking e ficarmos entre os oito melhores da categoria e, com isso, sermos cabeça de chave (nos Jogos)", planeja Pombo. Ele teria que ser campeão do Masters para virar cabeça de chave.

A equipe masculina terá Felipe Kitadai (60kg), Eric Takabatake (60kg), Victor Penalber (81kg), Tiago Camilo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Luciano Corrêa (100kg), Rafael Silva (+100kg) e David Moura (+100kg). Nas categorias até 60kg e +100kg a corrida olímpica está aberta e o resultado do Masters definirá os convocados.

Já o time feminino é o mesmo que irá à Olimpíada, com o reforço de Nathália Brígida. A equipe terá Sarah Menezes (48kg), Nathália Brígida (48kg), Érika Miranda (52kg), Rafaela Silva (57kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg).