22°
Máx
16°
Min

Judoca Mariana Silva fatura prata em Grand Prix de Samsun

A judoca Mariana Silva faturou neste sábado a segunda medalha para o Brasil no Grand Prix de Samsun, na Turquia. Ela levou a prata ao ser derrotada na final pela francesa Margaux Pinot. Uma punição no "golden score" definiu a medalha de ouro para a atleta europeia na categoria até 63kg.

"Eu consegui lutar muito tranquilamente, com efetividade e agressividade. Estou muito feliz com a minha competição mas sei que foi apenas um passo rumo à vaga olímpica e, consequentemente, para a minha medalha", comentou Mariana, ao fim da luta.

Com o resultado, ela deve superar a compatriota Ketleyn Quadros no ranking olímpico na próxima atualização. Ketleyn é a atual 37ª colocada, uma posição à frente de Mariana. Esta lista será utilizada como referência pela Confederação Brasileira de Judô para definir os classificados de cada categoria para os Jogos do Rio, em agosto.

Para seguir na briga pela vaga olímpica, Mariana Silva obteve dois ippons e boas vantagens em punições nos confrontos até a final. Neste caminho, derrotou a russa Pari Surakatova, a croata Andreja Dakovic e as austríacas Kathrin Unterwurzacher e Hilde Draxler.

Outros brasileiros competiram neste sábado na Turquia. Mas não passaram da estreia, ambos derrotados no "golden score". Victor Penalber (até 81kg) caiu diante do mongol Dagvasuren Nyamsuren, enquanto Maria Portela (até 70kg) perdeu da belga Lola Mansour. Alex Pombo foi derrotado por Cedric Bassol, outro judoca da Mongólia.

Deste trio de brasileiros, Pombo foi o mais prejudicado em termos de ranking olímpico. Ele faz disputa direta com Marcelo Contini. Apenas duas posições separam os dois na lista, com vantagem para Contini. Já Penalber e Portela têm situação tranquila em suas categorias, com vaga quase certa no Rio-2016.

Na sexta-feira, Sarah Menezes conquistou a primeira medalha brasileira no Grand Prix turco ao levar o bronze na categoria até 48kg. No domingo, Tiago Camilo (até 90kg), Rafael Buzacarini (até 100kg), David Moura (acima de 100kg), Rafael Silva (acima de 100kg) e Rochele Nunes (acima de 78kg) encerram a participação brasileira em Samsun.