22°
Máx
14°
Min

Maria Portela fatura prata no 2º dia do Grand Slam de Judô no Azerbaijão

Maria Portela foi a grande destaque do Brasil neste segundo dia de disputas do Grand Slam de Judô em Baku, no Azerbaijão. Na categoria até 70kg, ela só parou na atual vice-campeã mundial, a espanhola Maria Bernabéu, e foi a única atleta do País a faturar uma medalha até o momento, ao ficar com a prata.

Com o resultado, Maria Portela deve subir algumas posições no ranking da categoria, no qual estava na 17.ª colocação. Ela é nome certo na convocação da equipe brasileira que disputará os Jogos Olímpicos do Rio e será divulgada no dia 1º de junho.

Neste sábado, Maria Portela arrancou com três vitórias por ippon em Baku. A primeira, sobre a neozelandesa Moira De Villiers. Depois, a marroquina Assmaa Niang e a suíça Juliane Robra foram as vítimas. Mas na decisão do ouro, Maria Bernabéu levou a melhor ao imobilizar a brasileira por 25 segundos.

A prata de Maria Portela foi o único destaque de um dia tímido dos brasileiros em Baku. Ainda entre as mulheres, Ketleyn Quadros até começou bem na categoria até 63kg e venceu as duas primeiras lutas, mas caiu na sequência para a cubana Maricet Espinosa, que faturaria o bronze.

Já entre os homens, o único brasileiro a subir no tatame neste sábado foi Marcelo Contini. Na categoria até 73kg, o judoca foi eliminado logo na estreia ao perder para o turco Hasan Vanlioglu por duas penalizações contra nenhuma do adversário.

O Grand Slam de Baku terá seu último dia disputado neste domingo, no qual o Brasil viverá mais um capítulo da briga pela vaga olímpica na categoria acima de 100kg. O número 9 do mundo, Rafael Silva, e o 13.º, David Moura, subirão ao tatame. O País ainda será representado por Luciano Corrêa e Rafael Buzacarini (-100kg).