21°
Máx
17°
Min

Demian Maia vence Condit por finalização no UFC Vancouver e mira cinturão

- Demian Maia vence Condit por finalização no UFC e mira cinturão

O brasileiro Demian Maia deu um importante passo para receber a chance de lutar pelo cinturão dos meio-médios do UFC, a principal organização de artes marciais mistas do mundo. Neste sábado, ele superou com facilidade o norte-americano Carlos Condit no principal evento do UFC Vancouver, na Rogers Arena.

O triunfo de Demian Maia foi definido logo no primeiro round. Após escapar de chutes de Condit, o brasileiro levou a luta para o chão e rapidamente encaixou um "mata leão", forçando o norte-americano a desistir, com apenas 1min52 da luta que fechou o evento com a vitória de Demian por finalização.

Assim, Demian conseguiu a sexta vitória consecutiva entre os meio-médios e aumenta a sua expectativa de lutar pelo cinturão, especialmente após bater Condit, que vinha de derrota exatamente em uma luta pelo título, para o também norte-americano Robbie Lawler.

Demian, de 38 anos, já lutou pelo cinturão, mas dos médios, em 2010, quando foi batido pelo compatriota Anderson Silva. Agora, no seu currículo, ele acumula 24 vitórias e seis derrotas, sendo que esse foi o 12º triunfo por finalização.

"São seis vitórias seguidas, e agora contra um ex-campeão da categoria e que nocauteou todo mundo. Tenho o máximo respeito por ele, e acho que mereço uma chance de lutar pelo título", afirmou o brasileiro.

Também neste sábado, o brasileiro Charles do Bronx perdeu para o norte-americano Anthony Pettis por finalização com uma guilhotina no terceiro round. O lutador dos Estados Unidos vinha de três derrotas seguidas, mas estreou com triunfo entre os pesos penas.

Já pelo card preliminar, o brasileiro Felipe Silva estreou com vitória no UFC sobre o peso leve canadense Shane Campbell. O triunfo, definido no primeiro round, foi com socos e por nocaute técnico.