28°
Máx
17°
Min

Treino aberto do UFC 198 faz alegria dos torcedores

(Foto: Robson De Lazzari/Rede Massa) - Treino aberto do UFC 198 faz alegria dos torcedores
(Foto: Robson De Lazzari/Rede Massa)

O primeiro evento do UFC 198, o treino aberto, aconteceu no fim desta manhã (11), na Arena da Baixada, onde o espetáculo será realizado. Ao todo, 1999 torcedores, que entraram pela ordem de chegada, puderam ver os ídolos de perto.  Maurício “Shogum”, 8º no ranking dos meio-pesados foi o primeiro, seguido de Vitor Belfort (3º no ranking dos médios); Stipe Miocic (2º no ranking dos pesados e desafiante do cinturão); Cris Cyborg (atuando no peso casado até 63,5 Kg); Ronaldo Jacaré (2º no ranking dos médios) e Fabrício Werdum (campeão peso pesado).

Maurício “Shogum”, conversou com a imprensa e contou que este primeiro contato com o público já foi uma prévia do que vem por aí. “ Foi muito legal, já deu para sentir a adrenalina, o calor humano, a energia da galera. Com certeza na sexta-feira será maior e sábado tudo será gigantesco”, disse. “Estou muito feliz, e vamos rumo à vitória”.

Como não poderia ser diferente, o lutador relatou que para ele, lutar em Curitiba tem dois lados, o bom e o da responsabilidade. “É bom lutar aqui, minha cidade, onde vivi a minha vida inteira, comecei minha carreira treinando aqui. Mas, é uma pressão a mais também, que eu estou tentando não pensar muito, só estou pensando em coisas boas”.

Sobre a impossibilidade de Anderson Silva participar do evento, já que o lutador anunciou que um problema de saúde o tirou da luta, Shogum comentou que lamenta o ocorrido. “É uma pena, o Anderson é uma lenda do esporte, mas infelizmente faz parte da vida do atleta”, falou. “Mas, apesar disso, tenho certeza que este será o melhor evento de todos os tempos”, conclui.

Vitor Belfort também comentou sua participação no evento, disse inclusive que independente de Shogum ser curitibano, ele (Vitor) é brasileiro e no UFC não tem muito de ‘bairrismo’. “Cada um tem seu espaço, seus valores e os fãs nos respeitam por isso”.

A ausência de Anderson Silva também foi lastimada por ele. “Fiquei sabendo há pouco, só espero que ele esteja bem, porque a saúde do atleta é muito importante”, afirma. “Fico triste, mas não acredito em um impacto negativo”.


Calendário

Amanhã (12) os atletas concedem entrevistas à imprensa; na sexta-feira (13), é a vez da pesagem dos atletas, e desta vez, os fãs poderão acompanhar o tradicional momento das ‘encaradas’.

Colaboração Robson De Lazzari/Rede Massa