21°
Máx
17°
Min

Lorenzo vence na França, é ajudado por queda de Márquez e assume ponta da MotoGP

(Foto: Divulgação)  - Lorenzo vence na França, é ajudado por queda de Márquez e assume ponta da MotoGP
(Foto: Divulgação)

Talvez nem o próprio Jorge Lorenzo esperasse um dia tão benéfico para ele. A etapa da França da MotoGP, realizada em Le Mans neste domingo, pareceu ter sido desenhada pelo próprio piloto, que precisava de um dia perfeito para assumir a liderança da temporada e o teve. Não só venceu, como contou um desempenho para esquecer de seu rival Marc Márquez e chegou à primeira colocação do campeonato.

Lorenzo foi soberano neste domingo. Como de costume, conseguiu uma ótima largada, sustentou a pole e só abriu vantagem durante a prova. Com isso, obteve uma vitória sem sustos, com mais de dez segundos de vantagem para o segundo colocado Valentino Rossi, ao completar o percurso em 43min51s290.

O multicampeão Valentino Rossi, aliás, também foi um episódio à parte neste domingo. Lembrando seus melhores dias, o italiano fez uma grande prova e, depois de largar na sétima colocação, foi ultrapassando seus adversários um a um até terminar com a ótima segunda colocação.

A terceira posição ficou com o espanhol Maverick Viñales, impulsionado pelas diversas quedas ocorridas neste domingo em Le Mans. Outros três espanhóis completaram as primeiras seis colocações: Dani Pedrosa e Pol e Aleix Espargaró, respectivamente.

Mas a grande surpresa do dia ficou mesmo por conta da péssima prova de Marc Márquez. O bicampeão da categoria saiu na segunda colocação, mas largou mal e foi ultrapassado por Andrea Dovizioso e Andrea Iannone.

Márquez chegou a assumir a terceira colocação, mas logo foi ultrapassado por Rossi e voltou a quarto. A 13 voltas para o final, no entanto, o espanhol e Dovizioso tentavam ultrapassar Rossi quando caíram. Márquez ainda voltou à pista para completar a prova na última posição, enquanto Dovizioso abandonou.

O resultado da prova deste domingo colocou Lorenzo na liderança do Mundial, com 90 pontos, cinco a mais do que Márquez, segundo colocado. Rossi se aproximou do espanhol e é o terceiro, com 78. A próxima etapa da MotoGP acontecerá na Itália, em Mugello, e será disputada no dia 22 de maio.