22°
Máx
16°
Min

Márquez vence diante da torcida em Aragão e abre vantagem na ponta da MotoGP

O espanhol Marc Márquez fez a alegria da torcida da casa na etapa de Aragão da MotoGP, disputada neste domingo. O líder da temporada venceu pela quarta vez em 2016 e disparou na ponta da tabela. Para a festa ficar completa, seu compatriota Jorge Lorenzo foi o segundo, enquanto o italiano Valentino Rossi terminou somente na terceira colocação.

Márquez completou o percurso neste domingo em 41min57s678 e conseguiu uma vitória até certo ponto tranquila, depois de retomar a liderança nas últimas voltas. Lorenzo ficou 2s740 atrás do líder, enquanto Rossi terminou a prova quase seis segundos depois de Márquez.

O resultado deste domingo levou o espanhol a 248 pontos, já 52 à frente de Rossi, segundo colocado e principal ameaça a seu tricampeonato. Atual campeão, Lorenzo é o terceiro na temporada, com 182 pontos, seguido de seu compatriota Dani Pedrosa, com 155.

Com apenas quatro corridas para o fim da temporada, Márquez aparece como grande favorito para repetir o que fez em 2013 e 2014 e ficar com o título ao fim do ano. Os pilotos, agora, terão dois fins de semana de folga e só voltam à pista para a etapa do Japão, em Motegi, no dia 16 de outubro.

Depois de liderar os treinos livres e o de classificação, Márquez não fez um bom início de prova neste domingo. Na terceira volta, cometeu um erro e caiu para quinto, ultrapassado por Maverick Viñales, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi e Andrea Dovizioso.

Márquez teve calma e esperou a oportunidade perfeita para ultrapassar Dovizioso e, depois, Lorenzo. Pouco depois, foi a vez de Viñales, até então líder, errar e ceder posições a Rossi, Márquez e Lorenzo.

Com isso, a prova virou uma briga particular entre estes três pilotos. A 12 voltas para o fim, Márquez fez valer a superioridade de sua moto e voltou à primeira colocação ao ultrapassar Rossi, que também cederia posição a Lorenzo pouco depois.

Com Rossi e Lorenzo brigando pela segunda colocação, Márquez aproveitou para abrir vantagem e confirmar a vitória. Rossi não desistiu, atacou Lorenzo e conseguiu a ultrapassagem a duas voltas para o fim, mas para isso, forçou demais e foi parar fora da pista, deixando que o espanhol o ultrapassasse novamente e selando o resultado deles na prova.