28°
Máx
17°
Min

Pol Espargaró lidera dia da MotoGP em San Marino e Iannone é dúvida para corrida

O espanhol Pol Espargaró foi o mais rápido nos treinos livres desta sexta-feira da etapa de San Marino da MotoGP, no circuito de Misano, em um dia de atividades que acabou ficando marcada pelo acidente sofrido pelo italiano Andrea Iannone, que se tornou dúvida para a corrida do próximo domingo, a 13ª das 18 previstas para a temporada 2016.

Iannone se acidentou na curva 15 do circuito de Misano, durante o primeiro treino livre. Ele recebeu atendimento médico, ficou fora da segunda sessão e foi levado para um hospital, onde foi detectada uma microfratura em uma das suas vértebras. Inicialmente, o italiano foi colocado como baixa para a prova deste domingo, mas ainda tem esperanças de conseguir a liberação para participar da prova.

Dentro da pista, após o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, liderar o primeiro treino livre, seu companheiro na Yamaha, o espanhol Jorge Lorenzo, assumiu a dianteira na segunda sessão, até o espanhol Pol Esparagaró mostrar estar em grande forma em Misano e garantir o primeiro lugar do dia.

O piloto da Yamaha Tech 3 já havia fechado a sessão inicial na vice-liderança e terminou a segunda com desempenho ainda melhor, após marcar o tempo de 1min32s769. E isso após ele sofrer um forte acidente na prova anterior da MotoGP, em Silverstone, no último fim de semana, o que o forçou a até passar por uma avaliação médica nesta quinta-feira.

Dono de três títulos mundiais, o espanhol Dani Pedrosa, ficou na segunda posição, com 1min32s834, em Misano, onde venceu a etapa de San Marino em 2010. Agora ele fechou a sexta-feira como o melhor piloto da Honda, pois o compatriota Marc Márquez, o líder do campeonato, ficou na quinta posição.

Companheiro do lesionado Iannone, Andrea Dovizioso, da Ducati, foi o terceiro, com 1min32s901. Assim, foi o último piloto a registrar uma volta em menos de 1min33, além de terminar o dia como o italiano mais bem colocado. Já Lorenzo veio logo atrás, em quarto lugar, duas posições à frente de Rossi.

O britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, fechou o dia em sétimo lugar, seguido do compatriota Scott Redding, da Pramac Ducati, e do espanhol Hector Barberá, da Avintia Ducati. O também espanhol Maverick Vinãles, que surpreendeu ao triunfar no último domingo em Silverstone, teve desempenho discreto com a sua Suzuki, fechando a sexta-feira na décima colocação.

Os pilotos voltam ao circuito de Misano neste sábado, quando será realizado o treino de classificação a partir das 9h10 (horário de Brasília). A largada para a etapa de San Marino da MotoGP está agendada para as 9 horas de domingo.