22°
Máx
16°
Min

Rivais sofrem queda e Márquez é tricampeão da MotoGP com vitória em Motegi

O improvável aconteceu na MotoGP. Mesmo precisando de uma combinação inesperada de resultados para se sagrar tricampeão, o espanhol Marc Márquez garantiu o troféu da temporada, neste domingo, ao vencer a etapa de Motegi. A conquista, faltando ainda três etapas para o fim do campeonato, se deveu à queda dos rivais Valentino Rossi e Jorge Lorenzo na corrida japonesa.

O piloto da Honda chegou a Motegi com uma vantagem de 52 pontos no campeonato. E, para antecipar o título, precisaria vencer e ainda torcer por resultados ruins dos rivais. O italiano Valentino Rossi não poderia passar do 15º posto na prova deste domingo e Lorenzo, do quinto lugar. E foi exatamente isso que aconteceu, em razão de abandonos dos dois pilotos da Yamaha.

Márquez chegou aos 273 pontos e não pode ser mais alcançado pelos adversários, mesmo sem somar pontos nas últimas três corridas do ano - na Austrália, Malásia e Espanha (Valência). Rossi, em segundo lugar, tem 196. E Lorenzo, na terceira colocação geral, soma 182 pontos.

Se dependeu dos rivais para assegurar o título, neste domingo, Márquez precisou fazer sua parte para buscar a quinta vitória do ano. Ele largou em segundo lugar, mas superou o pole position Valentino Rossi na largada. Só não assumiu a ponta porque Lorenzo foi ainda melhor e despontou na corrida.

O trio fez boa disputa pelas primeiras posições nas voltas iniciais. Lorenzo chegou a emplacar boa vantagem na ponta, mas Márquez reagiu, reduziu a diferença e fez a ultrapassagem na terceira volta.

Fazendo a sua parte, Márquez passou a contar com a ajuda da sorte a partir da sexta volta. Rossi sofreu a queda e ficou a perna presa embaixo da moto, perdendo tempo precioso. Acabou desistindo da corrida. Foi seu quarto abandono na temporada 2016.

A queda de Rossi ainda não definiria o campeonato neste fim de semana. Lorenzo seguia na segunda colocação, posição que impedia os planos de Márquez de comemorar o título neste domingo.

Mas, novamente, uma queda ajudou o espanhol da Honda. Na 19ª das 24 voltas da prova japonesa, Lorenzo também caiu e abandonou a prova, abrindo caminho para o título do compatriota.

Foi a segunda queda de Lorenzo em Motegi, uma vez que ele sofrera acidente feio no terceiro treino livre. O espanhol chegou a ser arremessado no ar e precisou ser encaminhado ao hospital. Mesmo assim, exibiu forte ritmo na prova deste domingo.

O piloto italian Andrea Dovizioso, da Ducati, chegou em segundo lugar. E o espanhol Maverick Viñales, da equipe Suzuki Ecstar, completou o pódio. No topo do pódio, Márquez se tornou o mais jovem piloto da MotoGP ao vencer três títulos, aos 23 anos.

Foi sua terceira conquista em quatro anos, confirmando seu amplo domínio na categoria nestes últimos anos. Ele tem outros dois títulos na motovelocidade, nas 125 cilindradas, em 2010, e na Moto2, em 2012.

Confira os dez primeiros colocados da etapa de Motegi:

1º - Marc Márquez (ESP/Honda), em 42min34s610

2º - Andrea Dovizioso (ITA/Ducati), a 2s992

3º - Maverick Viñales (ESP/Suzuki Ecstar), a 4s104

4º - Aleix Espargaró (ESP/Suzuki Ecstar), a 4s726

5º - Cal Crutchlow(ING/LCR Honda), a 15s049

6º - Pol Espargaró(ESP/Yamaha Tech 3), a 19s654

7º - Alvaro Bautista (ESP/Aprilia Racing), a 23s032

8º - Danilo Petrucci (ITA/Octo Pramac), a 28s555

9º - Scott Redding(ING/Octo Pramac), a 28s802

10º - Stefan Bradl(ALE/Aprilia Racing), a 32s330