24°
Máx
17°
Min

Viñales vence pela 1ª vez na MotoGP em prova marcada por forte batida

O espanhol Maverick Viñales faturou neste domingo sua primeira vitória na MotoGP. O promissor piloto de 21 anos cruzou em primeiro a linha de chegada da etapa da Grã-Bretanha, em Silverstone, em prova que ficou marcada pelo grande susto ocorrido logo na largada, na qual Loris Baz e Pol Espargaró sofreram um forte acidente.

Viñales mostrou por que é uma das maiores promessas da MotoGP e foi contratado pela Yamaha para ocupar a vaga de Jorge Lorenzo em 2017. Com uma prova perfeita, subiu ao lugar mais alto do pódio da categoria pela primeira vez na carreira e, de quebra, levou a Suzuki a seu primeiro triunfo desde 2007.

Viñales foi seguido de perto pelo britânico Cal Crutchlow, que largou na pole e chegou na segunda colocação. O terceiro lugar ficou de presente para Valentino Rossi, após erro na reta final de Marc Márquez, que ficou em quarto. Dani Pedrosa foi o quinto e Jorge Lorenzo, apenas o oitavo.

Com o resultado, Márquez segue na liderança da temporada, com 210 pontos, agora 50 à frente de Rossi. A terceira posição continua com Lorenzo, que tem 146 pontos. É com este cenário que a MotoGP vai agora para a etapa de San Marino, no circuito de Misano, na semana que vem.

A PROVA - A corrida começou com um grande susto neste domingo. Logo depois da largada, Loris Baz e Pol Espargaró protagonizaram uma forte batida. O choque levou os dois pilotos ao chão e eles deslizaram por uma longa distância, enquanto os destroços de suas motos voaram pela pista.

Imediatamente, o atendimento médico entrou na pista. Enquanto Baz era atendido em um canto da pista, Espargaró foi rapidamente colocado em uma maca. Os dois deixaram o local de ambulância e foram encaminhados ao hospital para exames mais detalhados. Ambos estavam conscientes.

Além de assustar todos os presentes, a batida resultou em uma bandeira vermelha e a prova foi interrompida. Os pilotos voltaram para os boxes. Somente 15 minutos depois, foi dada uma nova largada.

A partir daí, o show foi de Maverick Viñales. Não demorou para que o espanhol assumisse a liderança. E enquanto seus concorrentes brigavam por posições atrás dele, o piloto da Suzuki mantinha até com certa tranquilidade a primeira colocação. Teve tempo de vibrar antes de cruzar a linha de chegada e confirmar o triunfo.

Atrás dele, apareceu o britânico Cal Crutchlow. Em ótima fase após sua primeira vitória na carreira, na República Checa, e depois de surpreender ao cravar a pole em Silverstone, o piloto vibrou muito com a segunda posição. Apesar de ter perdido a ponta logo no início, resistiu aos ataques dos vitoriosos Valentino Rossi e Marc Márquez para chegar em segundo.

Rossi e Márquez, aliás, protagonizaram uma briga à parte nas últimas voltas neste domingo. Depois de figurar no pelotão de trás durante boa parte da prova, Márquez disparou e viveu uma intensa disputa com Rossi. O espanhol levou a melhor, ultrapassou o veterano e chegou a ameaçar Crutchlow, mas errou duas vezes no fim, saiu da pista e ficou para trás.

Assim, a terceira colocação e o lugar no pódio caíram no coloco de Rossi. Até porque, o italiano também ficou boa parte da prova atrás de seu compatriota Andrea Iannone. Mas a seis voltas para o fim, o piloto da Ducati caiu e precisou abandonar a corrida.