28°
Máx
17°
Min

Brasil fica em último na Super Final da Liga Mundial de Polo Aquático

(Foto: Divulgação)  - Brasil fica em último na Super Final da Liga Mundial de Polo Aquático
(Foto: Divulgação)

A seleção brasileira feminina de polo aquático vai chegar aos Jogos Olímpicos do Rio com o status de saco de pancadas das melhores equipes do mundo. Neste domingo, em seu último compromisso oficial antes da estreia em Olimpíadas, o Brasil levou 12 a 6 do Canadá e ficou no oitavo e último lugar na Super Final da Liga Mundial, disputada em Xangai, na China.

Há um ano, o Brasil empatou em 7 a 7 com o Canadá, em Toronto, em jogo chave dos Jogos Pan-Americanos. Na época, jogadoras e comissão técnica apontavam a vitória sobre as canadenses como uma meta tangível.

Neste ano, já são três derrotas para o Canadá: 14 a 7 na fase Intercontinental, 16 a 4 na fase de grupos da Super Final e 12 a 6 agora. O Canadá, vale lembrar, ao vencer o duelo deste domingo, ficou na penúltima competição do torneio, tendo só vencido o Brasil em seis partidas.

O desnível técnico entre o Brasil e as melhores equipes do mundo é gritante. Em Xangai, o Brasil enfrentou três equipes que estarão no Rio-2016. Levou 20 a 2 dos Estados Unidos, 10 a 6 da Espanha e 7 a 6 da Itália. Na fase Intercontinental, classificatória, perdeu também de Austrália (15 a 3) e China (11 a 6), além dos EUA (17 a 2).

Essa é a terceira participação consecutiva do Brasil na Super Final feminina. Em três anos, são 18 jogos e 18 derrotas. A equipe tem conseguido a classificação ao ficar em quinto a fase Intercontinental, que classifica quatro times. Como a China é sede da Super Final desde 2001, abre vaga também ao quinto colocado.