27°
Máx
13°
Min

Cielo é o mais rápido dos 50m livre, consegue índice e se aproxima dos Jogos

Cesar Cielo deu, na manhã desta quarta-feira, um grande passo para se garantir nos Jogos Olímpicos do Rio. Se não igualou os melhores resultados da carreira, ao menos baixou o índice olímpico nos 50 metros livre ao nadar a prova mais rápida da natação em 21s99 nas eliminatórias do Troféu Maria Lenk, evento-teste do Estádio Aquático Olímpico.

O campeão olímpico de Pequim, em 2008, nadou na quinta de seis baterias e fez o melhor resultado da manhã, sendo o único a nadar na casa de 21 segundos. Mesmo assim, fez cara de poucos amigos quando viu o resultado no telão. O resultado o coloca no sétimo lugar do ranking mundial de 2016.

O segundo mais rápido da manhã foi Ítalo Manzine, com 22s16, na quarta bateria. Marcelo Chierighini fez 22s22 e Bruno Fratus 22s35. Ambos estiveram na última largada.

Tudo será decidido nas finais, que nesta quarta-feira começam às 17 horas - a dos 50m livre masculino é a primeira do programa. Por enquanto, Bruno Fratus tem o melhor tempo de qualificação, porque fez 21s50 no Torneio Open, em dezembro, em Palhoça (SC), na primeira seletiva da natação brasileira.

Cesar Cielo assumiu o segundo lugar, deixando para trás os 22s08 de Ítalo em Palhoça. Chierighini também foi melhor na primeira seletiva, com 22s17, enquanto Henrique Martins tem 22s25.

A final A nesta quarta-feira terá Cielo, Ítalo, Chierighini, Fratus, Alan Vitória e Gabriel Santos, além de dois estrangeiros. Na final B estarão, entre outros, Matheus Santana, João de Lucca, Gustavo Godoy, Walter Lessa e Henrique Martins.