21°
Máx
17°
Min

Com 8º tempo, Cielo vai à final dos 50m livre em Orlando; Fratus fica fora

(Foto: Divulgação/Site Oficial) - Com 8º tempo, Cielo vai à final dos 50m livre em Orlando; Fratus fica fora
(Foto: Divulgação/Site Oficial)

Cesar Cielo começou bem sua participação na etapa de Orlando da Pro Swim, antigo Grand Prix, principal circuito norte-americano de natação. Numa prova que reuniu boa parte dos melhores do mundo, o recordista mundial fez o oitavo melhor tempo das eliminatórias dos 50 metros livre e avançou à final, que será disputada à noite.

Em meio a uma legião de brasileiros, Cielo não foi o único nadador do País a se classificar à final da prova mais rápida da natação. Ítalo Duarte, revelação do Minas Tênis Clube, fez o quinto tempo: 22s57, contra 22s67 de seu mais famoso companheiro de clube.

À frente dele, o atual campeão olímpico, Nathan Adrian (22s03), os garotos Caeleb Dressel (22s52) e Ali Khalafalla (22s56, recorde pessoal), ambos norte-americanos de 19 anos, e o italiano Luca Dotto (22s54).

Bruno Fratus, medalhista do Mundial do ano passado, falhou nas eliminatórias e, com o nono tempo (22s71), vai nadar a final B contra Marcelo Chierighini (22s82) e Matheus Santana (23s01). Henrique Martins (23s1) faz final C, enquanto Nicholas Santos (23s16) disputa final D. As finais começam às 18 horas de Brasília.

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) levou a elite nacional a Orlando como treino para o Troféu Maria Lenk, em abril. Faltando mais de um mês e meio para a segunda e última seletiva da natação brasileira para os Jogos Olímpicos do Rio, os nadadores não estão "raspados".

Ou seja: os tempos de agora não podem ser comparados com os obtidos em períodos de raspagem, que costumam ser três ou quatro por ano. Os brasileiros vão "raspar" pela primeira vez em 2016 para o Maria Lenk.

Outros brasileiros

Joanna Maranhão fez o segundo melhor tempo da manhã nos 200m borboleta, nadando a prova em 2min12s14, atrás apenas da norte-americana Becca Mann. Entre os homens nos 200m borboleta, Nicolas Ferrari se classificou à final com o quarto tempo: 2min00s75.

A versão feminina dos 50m livre classificou Graciele Herrmann com o quinto tempo (25s69) e Diane Becker com o sétimo (25s89). A norte-americana Katie Ledecky, favorita ao ouro olímpico dos 200m aos 800m livre, se arriscou também na prova mais curta, mas fará só final C. Etiene Medeiros representou o Brasil nos 100m costas e foi a terceira mais rápida das eliminatórias (1min01s59).