28°
Máx
17°
Min

Destaque no Parapan, nadador Daniel Dias vence Laureus pela 3ª vez

Maior referência na natação paralímpica brasileira, Daniel Dias ganhou pela terceira vez na carreira o Prêmio Laureus, considerado o Oscar do Esporte, na categoria de melhor paradesportista, nesta segunda-feira. O surfista Adriano de Souza, o Mineirinho, e o skatista Bob Burnquist também concorreram, mas foram superados pelo triatleta alemão Jan Frodeno na categoria de melhor atleta de ação.

Ausente na premiação, em Berlim, Daniel enviou um vídeo transmitido durante a cerimônia agradecendo pela conquista. "Estou muito feliz por estar recebendo este grande e importantíssimo prêmio pela terceira vez. Infelizmente não pude estar presente por causa de uma seletiva paralímpica, mas quero agradecer primeiramente a Deus e a Academia Laureus por terem votado em mim. Muito obrigado, do fundo do meu coração", declarou o brasileiro.

O nadador, que levou o prêmio também em 2009 e 2012, venceu pela terceira vez em razão da grande temporada realizada em 2015. Ele faturou nada menos que sete medalhas de ouro e uma de prata no Mundial de Natação Paralímpica. Além disso, venceu os oito eventos que disputou nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá.

Seus rivais na disputa pelo prêmio de melhor paradesportista eram a francesa Marie Bochet, do esqui, a chinesa Liu Cuiqing, do atletismo, a cubana Omara Durand, também do atletismo, o sul-africano Pieter du Preez, do ciclismo e do atletismo, e Leung Yuk Wing, de Hong Kong, que compete na bocha.

Adriano de Souza, o Mineirinho, e Burnquist também tinham a chance de levar o prêmio nesta segunda. Contudo, foram derrotados por Jan Frodeno, dono de dois títulos mundiais no triatlo no ano passado. O atleta alemão foi campeão olímpico nos Jogos de Pequim, em 2008.

Mineirinho concorria ao prêmio em razão do título do Circuito Mundial de Surfe, conquistado em 2015. Já Burnquist, um dos maiores nomes da história do skate, havia faturado sua oitava medalha de ouro na disputa do Big Air no X Games, considerada a Olimpíada dos esportes radicais. O surfista australiano Mick Fanning também disputava na categoria.