21°
Máx
17°
Min

Felipe Lima ganha prata nos 100m peito em Dubai e alcança 8ª medalha da temporada

Único brasileiro a correr todo o circuito da Copa do Mundo de Natação em 2016, Felipe Lima faturou nesta quarta-feira a sua oitava medalha na temporada, a terceira em provas de 100m peito. Desta vez o nadador do Minas Tênis Clube ganhou a prata no encerramento da etapa de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a quinta oito programadas para este ano. Na terça, ele já havia vencido nos 50m peito, com o segundo melhor tempo do ranking mundial em piscina curta.

Felipe até fez índice para a Olimpíada nos 100m peito, mas ficou fora do Rio-2016 porque foi superado por Felipe França e João Luiz Gomes Jr. Assim, para salvar a temporada, restou a ele se dedicar às competições em piscina curta, com destaque para a Copa do Mundo e o Mundial de Windsor, que será disputado em dezembro, no Canadá.

Nesta quarta, em Dubai, ele completou a prova em 57s01 e foi superado só pelo russo Vladimir Morozov (56s52). A marca é inferior à feita em Pequim (China), no fim de semana passado, quando também ganhou prata.

A Copa do Mundo é disputada em três fases. A primeira teve etapas na França, na Alemanha e na Rússia e Felipe ganhou só um bronze nos 100m peito, em Berlim. Nos 50m peito, faturou dois bronzes e uma prata. Agora, nesta segunda fase, fez dobradinha de ouro e prata tanto em Pequim quanto em Dubai. No fim de semana, vai tentar repetir a dose em Doha, no Catar.

Já a 'Dama de Aço' Katinka Hosszu ganhou, em dois dias, o que Felipe Lima não deve conseguir na temporada toda. Só nesta quarta ela ganhou cinco medalhas de ouro, nos 100m costas, 200m borboleta, 400m livre, 100m e 400m medley. Também faturou a prata nos 100m livre e 50m borboleta, perdendo ambas para Jeanette Ottesen, da Dinamarca, como havia acontecido nos 100m borboleta, terça. Naquele dia, já havia ganhado quatro ouro, fechando a etapa, assim, como nove douradas.