20°
Máx
14°
Min

Pré-Olímpico do nado sincronizado serve apenas como treino para o Brasil

(Foto: Divulgação)  - Pré-Olímpico do nado sincronizado serve apenas como treino para o Brasil
(Foto: Divulgação)

Começa nesta terça-feira e segue até domingo, no Rio, o Pré-Olímpico do nado sincronizado. O torneio, que vale como evento-teste da Olimpíada, serve apenas como treino para a seleção brasileira, mas é fundamental para os 30 países que disputarão três vagas na prova olímpica por equipes e 16 no dueto.

A disputa olímpica por equipes terá apenas oito vagas e cinco países já estão classificados: Brasil, como dono da casa, Rússia, China, Austrália e Egito, os campeões continentais. As últimas três vagas serão disputadas no Parque Aquático Maria Lenk, no Parque Olímpico do Barra, por sete países: Canadá, Chile, Espanha, França, Itália, Japão e Ucrânia.

Como no nado sincronizado há escalonamento muito claro entre as equipes, o Japão, Ucrânia e Canadá pintam como favoritos a ficar com as vagas no Rio-2016. Espanha e Itália correm por fora.

Quem se classificar por equipes, garante também seu dueto no Rio-2016. Mas esse recurso não deverá ser necessário, uma vez que Japão, Ucrânia e Canadá já estão entre os oito classificados nos duetos. As 16 vagas abertas serão disputadas por um total de 27 países. São nações tradicionais no nado sincronizado, como Itália, França e Grécia, e outras nem tanto, como Aruba e Bulgária.

O dueto brasileiro é composto por Luisa Borges e Maria Eduarda Miccuci, atletas do Fluminense, que na Olimpíada deverão brigar por um lugar na final, entre as 12 primeiras. No evento-teste, elas só farão uma exibição, no domingo, na rotina livre, após apresentação dos participantes do Pré-Olímpico. O mesmo vale para a equipe brasileira, que vai fazer uma exibição um dia antes, no sábado.

A competição será realizada no Parque Aquático Maria Lenk, com entrada gratuita. Nesta quarta-feira haverá disputa entre os duetos, que das 11h15 às 12h30 vão exibir sua rotina técnica, que tem elementos obrigatórios. Na quinta, no mesmo horário, os duetos apresentam sua rotina livre, mais artística. A soma das duas notas indicará os duetos classificados. A entrega de medalhas será feita em seguida.

Na sexta-feira haverá apenas treinos, das 7h às 19h, e no sábado e domingo vão ocorrer as disputas entre equipes, em torneio com o mesmo formato. No sábado as apresentações vão das 11h15 ao meio-dia e, no domingo, prosseguem por mais meia hora.