23°
Máx
12°
Min

6ª Olimpíada do Mercosul reúne servidores dos TCs de Brasil e Argentina

Foto: Assessoria  - 6ª Olimpíada do Mercosul reúne servidores dos TCs de Brasil e Argentina
Foto: Assessoria

Cerca de 1.400 servidores, divididos em 35 delegações - 21 do Brasil e 14 da Argentina - participam da 6ª Olimpíada dos Tribunais de Contas do Mercosul, em Foz do Iguaçu. A abertura da competição aconteceu no domingo (1º), no Hotel Rafain Palace Hotel & Convention.

O vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), conselheiro Ivens Linhares, em seu discurso, destacou o sucesso do evento.

"Além da competição, dos laços de amizade e dos vínculos estabelecidos, esta Olimpíada demonstra a importância dos Tribunais de Contas na América do Sul como um todo".

O evento termina no próximo dia 5. O fortalecimento das relações entre os dois países também foi destacado pelos representantes argentinos.

"Essa é uma olimpíada de confraternização da família brasileira e argentina do controle público do Mercosul. Hoje posso dizer aos brasileiros que são realmente nossos irmãos", destacou Ruben Quijano, conselheiro presidente do Secretariado Permanente dos Tribunais de Contas da República Argentina e vice-presidente do Comitê Internacional das Olimpíadas dos Tribunais de Contas do Mercosul.

A 6ª Olimpíada é considerada o maior evento esportivo da categoria já realizado no país.

"Temos a certeza de que estamos no caminho certo ao proporcionar aos nossos colegas dos Tribunais de Contas do Mercosul uma oportunidade única de estarmos juntos, ligados pelo esporte. Fazemos parte de um grupo de homens e mulheres de relevante valor à sociedade, funcionários de uma instituição forte e importante, que exerce primorosos serviços ao país", finalizou Evandro Arruda, presidente da Associação Beneficente e Recreativa Tribunal de Contas do Paraná (ABRTC) e da comissão organizadora do evento.

Participam das disputas esportivas delegações de tribunais de contas das províncias argentinas de Catamarca, Chaco, Chobut, Entre Rios, Jujuy, La Rioja, Rio Negro, Salta e San Juan; e delegações dos tribunais de contas brasileiros da União, do Paraná, Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins, Rio de Janeiro e São Paulo.

Colaboração: Assessoria de imprensa