22°
Máx
14°
Min

Adriana Araújo pega chave dura e precisa vencer pentacampeã mundial no boxe

(Foto: Divulgação)  - Adriana Araújo pega chave dura e precisa vencer pentacampeã mundial
(Foto: Divulgação)

Adriana Araújo deu azar no sorteio da competição de boxe dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Ela vai estrear contra a finlandesa Mira Potkonen na categoria até 60kg e, se avançar, entra no caminho da irlandesa Katie Taylor, grande estrela do boxe na atualidade e pentacampeã mundial. Se perder, Adriana não tem chances nem na repescagem.

A outra representante do Brasil no boxe feminino é Andreia Bandeira (até 75kg), que estreia frente à panamenha Atheyna Bylon. A rival é a atual campeã mundial na categoria até 69kg, mas só disputa a Olimpíada como convidada. Quem vencer garante uma medalha, uma vez que estará na semifinal. A eventual medalha de Andreia pode ser a segunda do boxe feminino do Brasil. Da panamenha, a terceira da história do seu país nos Jogos.

Entre os homens, Robson Conceição (até 60kg) começa a competição nas oitavas de final, contra quem vencer entre Jun Shan, da China, e Anvar Yunsov, do Tadjiquistão. Ele está no mesmo quadrante do favorito cubano Lazaro Alvarez, a quem pode enfrentar na semifinal.

Patrick Lourenço (49kg) começa sua caminhada contra Yurberjen Herney Martinez, da Colômbia. Julião Neto (52kg) luta contra Antonio Vargas, dos Estados Unidos, enquanto Robenílson de Jesus (56kg) tem pela frente Fahem Hammachi, da Argélia. Todos começam a competição uma fase antes das oitavas de final.

Michel Borges (81kg) estreia frente a Hassan Ndam Njikam, de Camarões. Joedison Teixeira (64kg) pega outro africano: Abdelkader Chadi, da Argélia, enquanto Juan Nogueira terá Jason Whateley, da Austrália. Se avançar, entra no caminho do favorito Evgeny Tishchenko, da Rússia.

As competições começam no sábado, com Patrick lutando às 11h15, Juan às 13h00 e Michel às 18h30. Depois, Robson tem compromisso no dia 8, segunda-feira. O boxe será no Pavilhão 6 do Riocentro.