26°
Máx
19°
Min

Alemanha lamenta falta de sorte na final olímpica contra o Brasil no futebol

(Foto: Rio 2016) - Alemanha lamenta falta de sorte na final olímpica
(Foto: Rio 2016)

O técnico Horst Hrubesch e os jogadores da Alemanha lamentaram a falta de sorte da equipe na decisão por pênaltis contra o Brasil, neste sábado, no Maracanã, na final do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A Alemanha errou uma cobrança (Petersen teve sua finalização defendida por Weverton), enquanto o Brasil obteve 100% de aproveitamento nas cobranças.

"Nós não tivemos sorte. Nos pênaltis, qualquer coisa pode acontecer e desta vez perdemos. Mas estamos orgulhosos de ter chegado até a final", disse o meia Max Meyer.

Hrubesch destacou o equilíbrio da partida e ressaltou que até os pênaltis a decisão estava em aberto e qualquer equipe poderia conquistar a medalha de ouro. "Nos pênaltis, são 50% de chances para cada equipe. Foi um partida muito boa para os dois times", disse.

O treinador voltou a dizer que, para a sua equipe, o jogo deste domingo no Maracanã não tinha relação com a goleada por 7 a 1 na Copa de 2014, mas fez questão de alertar os seus jogadores de que o Brasil buscaria revanche por causa da goleada sofrida há dois anos.

"Para o Brasil era uma partida muito especial. O estádio tinha 80 mil torcedores. Falei apenas para que os meus jogadores aproveitassem a partida", declarou. Hrubesch também procurou valorizar a medalha de prata. "Vocês me viram chorar? Eu estou sorrindo o tempo todo", disse.