22°
Máx
14°
Min

Aline Silva estreia com vitória e pega russa nas quartas de final da luta

(Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COB) - Aline Silva estreia com vitória e pega russa nas quartas de final
(Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COB)


Principal candidata a uma medalha inédita na luta livre, Aline Silva começou bem sua campanha na categoria até 75kg, a mais pesada da modalidade feminina. Lutando contra a japonesa Rio Watari, campeã dos Jogos Asiáticos, a brasileira mostrou gana para vencer nesta quinta-feira por 4 a 3 e avançar às quartas de final da competição.

A estreia contra Watari era tido coma complicada para a brasileira, medalhista de bronze no Mundial de 2014 e quinta colocada no ano passado, quando conquistou a vaga para estar no Rio-2016. O Japão tem uma das principais escolas do mundo e fez as duas campeãs olímpicas nas categorias disputadas nas quarta-feira.

Nas quartas de final, no bloco de lutas que começa às 16h na Arena Carioca 2, Aline vai enfrentar Ekaterina Bukina, da Rússia, atleta de 29 anos que já conquistou duas medalhas em Mundiais - em 2010 e 2011. Nos últimos anos, tem tido resultados piores do que os de Aline.

Mais cedo, Lais Nunes perdeu da turca Hafize Sahin, por 5 a 0, na sua estreia na categoria até 63kg. A turca caiu na luta seguinte, contra a russa, Inna Trazhukova, e se despediu da competição. Assim, Lais não volta para a repescagem e está eliminada. Na terça, Gilda Oliveira e Joice Silva também foram eliminadas de forma precoce, de forma que Aline é a única esperança do País.