27°
Máx
13°
Min

Alison e Bruno Schmidt levam susto, mas vão às semifinais do vôlei de praia

(Foto: Reprodução Twitter Time Brasil) - Alison e Bruno Schmidt vão às semifinais do vôlei de praia
(Foto: Reprodução Twitter Time Brasil)

Líderes do ranking da Federação Internacional de Vôlei (FIVB), os brasileiros Alison e Bruno Schmidt confirmaram o favoritismo e garantiram um lugar nas semifinais do vôlei de praia da Olimpíada do Rio. Nesta segunda-feira, eles derrotaram os norte-americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena por 2 sets a 1, com parciais de 21/14, 12/21 e 15/9, na Arena de Copacabana.

Em uma partida segura, Alison marcou seis pontos de bloqueio e Bruno encaixou quatro aces. Com o resultado, o Brasil segue com chance de levar três medalhas no esporte, duas no feminino e uma no masculino. A dupla, aliás, garantiu que ao menos terá o direito de disputar o bronze, em caso de derrota na semifinal.

No primeiro set, o Brasil chegou a abrir 10/6 com dois pontos seguidos de Alison: um ataque fatal após a bola voltar de graça do campo adversário e, no ponto seguinte, um bloqueio. O jogo seguiu com os brasileiros na frente, indo a 16/11 com um erro de saque de Dalhausser.

A dupla norte-americana pareceu desconcentrada, cometendo erros de recepção e de saque. Bruno e Alison jogaram com inteligência, evitando encarar o bloqueio do gigante Dalhausser, de 2,06m. O set point e o término da parcial vieram de dois bloqueios seguidos de Alison.

Mas os norte-americanos reagiram e começaram o segundo set marcando 5/0 em 3 minutos de jogo. Ainda atrás, o Brasil começou a se recuperar com uma pancada de Alison, seguida de um ponto de saque de Bruno Schmidt (7/5). Alison e Bruno não conseguiam quebrar o jogo dos adversários, que forçavam o saque e começaram a acertar o bloqueio. Os Estados Unidos chegaram ao set point com um ataque para fora de Bruno. A parcial acabou com um tira-teima de um ataque de Bruno, que acabou sendo confirmado fora.

No tie-break, os brasileiros começaram bem e marcaram 3/0 em mais um bloqueio de Alison. Os Estados Unidos chegaram a encostar (6/5), mas cometeram erros, como um ataque de Lucena na rede. A dupla brasileira teve raça, recuperou bolas praticamente perdidas e fez três pontos seguidos com um ace de Bruno, uma pancada e uma colocada de Alison (12/6). O "Mamute" encerrou o jogo soltando o braço em uma pancada na quadra adversária.

O adversário da semifinal, marcada para esta terça-feira, será decidido às 17h, no jogo entre as duplas holandesas Nummedor/Varenhorst e Brower/Meeuwsen.